18 de fevereiro de 2012

Projecto Marmita - Semana VII/2012

E a marmita continua a ganhar pontos, juntamente com a saúde e o paladar....e a carteira, claro!



"Empiricamente, a tendência poder-se-ía resumir em três parcelas: a comida da marmita é saudável, saborosa e barata. A socióloga Mónica Truninger, 39 anos, até aceita que haja, aqui, uma componente de «segurança quase ontológica». Mas a investigadora do Instituto de Ciências Sociais, de Lisboa, destaca outro aspeto - levar o almoço de casa para o trabalho «tornou-se numa prática atraente e respeitada». Mónica Truninger esclarece: poupar «é socialmente bem-visto», face á crise; aplica-se o conceito ambiental da reutilização, com o aproveitamento dos restos do jantar; os marmiteiros transformaram-se num « veículo de integração e interação, de criatividade na cozinha, de experimentação de novos produtos». É, aliás, muito do gosto português, assinala Mónica Truninger, este regresso à «ligação forte, afetiva, com a refeição». (sublinhado meu) in Revista Visão nº 988, pág. 78


Pois bem, depois desta interessante leitura, então como foi esta semana de marmitas:



Lanche da manhã
Almoço
Lanche da tarde
Segunda-feira
1 banana + 1 fatia de pão
Sopa de espinafres + 1 pêra
1 kiwi + 1 fatia de pão + 1 iogurte natural
Terça-feira
1 kiwi + 1 fatia de pão
Peixe alourado + pêra bêbeda
Iogurte natural com frutos vermelhos + 1 fatia de pão
Quarta-feira
1 kiwi + 1 fatia de pão
Bacalhau gratinado + gelatina de ananás com frutos vermelhos + ½ maçã
Iogurte natural + ½ maçã + 1 fatia de pão
Quinta-feira
½ maçã +1 fatia de pão
Almoço tardio – panado no pão
1 iogurte natural + morangos + sementes de linhaça
Sexta-feira
½ maçã + 2 bolachas de granola
1 iogurte natural + 1 kiwi + 1 fatia de pão


Segunda-feira já se sabe que é dia de sopa. É o jantar de domingo e uma maneira de curar das asneiras de fim-de-semana. Na terça-feira o jantar sobrante de segunda-feira - uma posta de marmota cozida com batata e cenoura e ovo cozido - foi alourado em azeite e alho (deu 1 dose e meia). Quarta-feira novamente o jantar de véspera: bacalhau gratinado. Estes pratos de forno são óptimos para as marmitas porque se confecionam sempre em maiores quantidades. Depois é só guardar e levar no dia seguinte. Quinta-feira foi dia de reunião que se prolongou pela hora de almoço. Como não tinha trazido marmita por não ter a certeza da duração da reunião, acabei por comer uma sandes de panado já á hora do lanche. Sexta-feira: recurso ao congelador com um creme de couve-flor e 2 croquetes.
Esta semana teve umas doçuras à mistura: pêra bêbeda  gelatina de ananás com frutos vermelhos  e bolachas de Granola (a publicar brevemente).
Pão de pirex de trigo sarraceno. Iogurtes de compra. Chá de cavalinha.

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...