Mostrar mensagens com a etiqueta Bebidas. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Bebidas. Mostrar todas as mensagens

11 de Julho de 2014

Fim de tarde perfeito

Para um fim de tarde de sol e mar à vista, a descansar de uma semana de trabalho para trás.


(Fonte: Livro Base Bimby)
Ingredientes (para 1):
100 ml de água
2 ou 3 pedras de gelo
1 iogurte natural
1 colher de sopa de açúcar (ou a gosto)
6 folhas de hortelã mais algumas para decorar



Preparação:
No copo coloque a água, o gelo, o iogurte e as folhas de hortelã.
Programe 1 minuto/velocidade 9.
Sirva de imediato decorado com folhas de hortelã.

9 de Maio de 2014

Batido de morango, papaia e baunilha / Strawberry, papaya and vanilla smoothie

Para os dias quentes que se aproximam.



Ingredientes:
75 gr de morangos
75 gr de papaia
1/4 vagem de baunilha
200 ml de leite frio

Preparação:
Abra a vagem de baunilha e com ajuda de uma faca raspe as sementes.
Coloque a fruta cortada em pedaços, as sementes de baunilha e o leite no liquidificador e triture até obter uma mistura homogénea (bimby: 20 segundos/vel.9). 
Acrescente mais leite frio se precisar.

Dica: guarde a vagem de baunilha raspada dentro de um frasco com açúcar. Vai conseguir um açúcar deliciosamente aromatizado. 



In English:

For the coming warm days.

Ingredients:
75 gr. starwberries
75 gr papaya
1/4 vanilla bean
200 ml cold milk

Preparation:
Open the the vanilla bean and with a knife remove its seeds.
Put the fruit, cuted in pieces, vanilla seeds and milk in the blender and bled until smoothie (Thermomix: 20 seconds/speed 9).
Add more cold milk if necessary.

Tip: save the vanilla bean in a flask with sugar. You will get a delicious flavored sugar.

***
Tempo de preparação: 10 minutos / Preparation time: 10 minutes
Dificuldade: fácil/ Dificulty: easy
Vegetariano: não / Vegan: no
Para crianças: sim / For children: yes
Ingrediente Principal: fruta / Main ingredient: fruit
Nº de doses: 1 / Doses: 1
Prato:  bebidas / Plate: drinks
Marmita: no / Lunchbox: no

21 de Janeiro de 2014

Dias de Domingo / Sunday days




Uma manhã chuvosa e fria e a vontade de ver, fazer, acontecer.

A cold rainy morning and the desire to see, to do, to hapen.



Uma ida a um dos meus spots preferidos do Porto, mesmo em dias de chuva: o Museu de Arte Contemporânea de Serralves. A ver a exposição de Cildo Meireles, um artista brasileiro, que nos coloca em diálogo com a arte numa tentiva de sedução. Claro que a eterna questão se levanta: uma fila de garrafas de Coca-Cola com inscrições será arte? Um maço de notas dobrado será arte? Um painel de imagens e sons de construção será arte? Um tubo de calor para derreter peças de gelo? Um cais de madeira rodeado de 17 mil livros em jeito de ondas do mar? Eu que não sou artista, que não tenho qualquer propenção para as atividades artísticas, que não sei falar de e discutir a arte, eu delicio-me com estas instalações, demonstrações, objectos aparentemente sem sentido, e se calhar mesmo sem sentido, mas que me questionam. Eu que nada sei sobre arte, sinto (porque se não sei resta-me sentir) que arte é tanto uma pintura paisagista ou de retrato ou uma estátua que nos deixam boquiabertos com a sua perfeição, como uma pintura abstrata que nos inebria nas suas cores, como a instalação aparentemente absurda, mas que nos provoca visual e sensorialmente. AVISO: esta exposição termina já no próximo dia 26. Não deixem passar a oportunidade de a visitar, especialmente se tiverem crianças.


A trip to one of my favorite spots of Porto, even on rainy days: the Museum of Contemporary Art of Serralves. To view the exhibition of Cildo Meireles, a Brazilian artist who puts us in a dialogue with the art in a seduction attempt. Of course the eternal question arises: a row of bottles of Coca-Cola with inscriptions will be art? A wad of folded notes will be art? A panel of images and sounds of construtction is art? A tube of heat to melt ice pieces? A wooden pier surrounded by 17,000 books like sea waves? I, that am not an artist, I that have no penchant for artistic activities, I that can not speak to and discuss the art, I delitgh myself with these installations, demonstrations, seemingly meaningless objects, and maybe even meaningless, but that question me. I know nothing about art, I feel (because if I do not know, then what is left to me is to feel) that art is either a landscape or portrait or statue that leave us stunned by their perfection, either an abstract painting that intoxicates us in their colors as the seemingly absurd installation, but that provocate us, visually and sensoriallyWARNING: this exhibition ends on the january 26th . Do not let pass the opportunity to visit, especially if you have children.

Quem quiser pisar ovos? / Who wants to step on eggs?

Vamos derreter gelo? / Lets melt ice?

Aonde nos levam estes degraus? Where these stairs lead us?

Olha quem está aqui! Look who`s here!

Arta a metro? Ou metro em arte? Measuring art? Or measuring as art?


Qual é o lugar do objecto de arte? / Which is the place of the work of art?

Construindo uma parede / Building a wall

Vamos caminhar pela arte? Lets walk through the art?
Vamos mergulhar num mar de livros? Let's dive in a sea of ​​books?

Ideias luminosas precisam-se (trabalho integrado na coleção de Serralves - pode ver-se na Biblioteca)  / Bright ideas in need  (work integrated in the Serralves colection  - can be seen in the library)

E depois de uma manhã assim, um Domingo de chuva pede uma tarde a condizer: bolinhos e chocolate quente.

And after such a mornig, Sunday asks for a matching afternoon: cookies and hot chocolate.






Chocolate quente (Fonte: livro base da Bimby) / Hot Chocolate (From: basis racipes book from Thermomix)
Ingredientes / Ingredients:
250 ml de leite - 250 ml milk
75 gr. de chocolate para culinária - 75 gr. cooking chocolate

Preparação / Preparation:
Thermomix/Bimby:
Coloque os ingredientes no copo da e programe 6 min./vel.2/80º
Put all the ingredients in the bouwl and program: 6 minutes/speed 2/ 80º
Tradicional / Tradicional:
Coloque os ingredientes num tacho e leve a aquecer em lume médio, mexendo sempre até o chocolate dissolver.
Put all the ingredients in a pan and take it to the stove in medium heat, without stop mixing, until the chocolate is melted.

Caracóis Rainha / Queen Rolls
Ingredientes/Ingredients:
Metade de uma receita de Bolo Rainha / half recipe from Queen Cake
Geleia / Jelly
Preparação/Preparation:
Estenda a massa num rectângulo e enrole. Corte pedaços  com cerca de 2 dedos e coloque numa tabuleiro com o lado cortado para cima.
Using a floured rolling pin, roll the dough into a rectangle, roll it forward into a cylinder. Cut into equal-size slices and transfer the slices , cut sides up, into a oven tray. 
Guarde num lugar morno até dobrarem de volume.
Set aside in a warm place to let rise until double the size.
Pincele com geleia e leve ao forno pre aquecido a 180º durante 20 minutos.
Brush with jelly and take to the preheat oven to 180º for about 20 minutes.

10 de Outubro de 2013

Sumo de beterraba e hortelã-chocolate / Beet and mint-chocolat juice


 Como os dias estão ainda de sol e de calor fui ainda buscar este sumo aos dias do Verão que já passou.

Ingredientes:
1 beterraba grande crua, descascada
1 maçã descaroçada (podem deixar a casca)
Algumas folhas de hortelã-chocolate
500 ml de água fria
Gelo a gosto
Açúcar ou outro adoçante a gosto




Preparação:
Bimby:
Coloque a beterraba e a maçã em pedaços no copo da bimby, juntamente com as folhas de hortelã e triture 7seg./vel.5.
Acrescente a água e triture novamente 2 min./vel. 9.
Acrescente mais água se ficar muito espesso e adoce a gosto.
Sirva com pedras de gelo.
Tradicional:
Coloque a beterraba e a maçã em pedaços, juntamente com as folhas de hortelã, no copo misturador e triture.
Acrescente a água e triture novamente até obter um sumo.
Acrescente mais água se ficar muito espesso e adoce a gosto.
Sirva com pedras de gelo.


As the days are still sunny and warm I was still get this juice from the gallery of the days of summer that has just passed.

Ingredients:
1 large raw beetroot, peeled
1 apple pitted (can leave the peel)
A few leaves of mint-chocolate
500 ml of cold water
Ice to taste
Sugar or other sweetener to taste


 Preparation:Thermomix:
Place the beets and apple pieces in thermomix`s cup along with the mint leaves and grind 7seg./vel.5.
Add water and grind again: 2 min. / Level. 9.
Add more water if it gets too thick and sweeten to taste.
Serve with ice cubes.
Traditional:
Place the beets and apple pieces, along with the mint leaves, in the blender and grind.
Add water and grind again until you get a juice.
Add more water if it gets too thick and sweeten to taste.
Serve with ice cubes.

30 de Agosto de 2013

Quem quer uns olhos bonitos?

 
Quem é que não  se lembra da estória dos coelhos com olhos bonitos porque comiam muitas cenouras? E assim lá se convenciam as criancinhas a comer cenouras para ficarem também com uns olhos bonitos. É que os carotenos da cenoura são transformados no nosso organismo em vitamina A, que traz benefícios à nossa visão. Por outro lado o betacaroteno, potencia o bronzeado ao mesmo tempo que ajuda a proteger a pele. Só vantagens, não é? Por isso, mesmo com o Verão a chegar ao fim, aqui fica um saudável néctar de cenoura, que vou oferecer aos blogues "Tertúlia da Susy" e "Fornadas de Miminhos" e, assim, participar na iniciativa da Susy "A escolha do ingrediente", que fez este mês a sua 5ª edição com o ingrediente: cenoura
 
Néctar de Cenoura
(Fonte: Livro Base Bimby)
Ingredientes:
2 cenouras
1/2 limão descascado e sem pevides
0,5 lt de água fria
Açúcar ou outro adoçante a gosto (opcional)
Pedras de gelo

Preparação:
No copo da Bimby coloque as cenouras descascadas (se forem de origem biológica pode manter a casca) e triture 7seg/vel5.
Junte o limão, o açúcar/adoçante e a água e programe 2 min./vel.9.
Sirva de imediato com algumas pedras de gelo.

29 de Agosto de 2013

Instantâneos de Verão II + Um batido de gelado e tomilho

 
Num dia que começou chuvoso, sem grandes perspectivas de praia, rumamos a Ponte de Lima. Sem necessidade de dizer o quanto esta vila merece uma visita, vale ainda pelo Festival Internacional de Jardins que vem realizando todos os anos. Esta edição, que já é a 9ª, teve por tema "Jardim dos Sentidos" e faz-nos dar largas à imaginação. Entrar em mundos imaginários, onde as plantas são rainhas, no chão, suspensas, ordenadas, desordenadas. Não é suficiente caminhar, espreitar, ver, cheirar. Há cd`s a lembrar que também um jardim se faz de sons, há espelhos, há água, há flores gigantes imaginárias, há pássaros de papel que parecem voar.
 












 
 
E no regresso a casa de um dia que começou chuvoso e acabou num azul esplendoroso só uma bebida bem fresca para
 
Ingredientes:
1 copo de leite
1 ramo de tomilho
1 bola de gelado de pêssego


Preparação:
Coloque o leite num tachinho com o ramo de tomilho e leve a lume médio até levantar fervura.
Desligue e deixe arrefecer completamente, deixando o tomilho em infusão.
Retire o tomilho e misture a bola de gelado e o leite no liquidificador.

9 de Julho de 2013

Até parece uma "loira" fresca

Eu gosto das cervejas, ditas "loiras" (e das "morenas" também), com uma bela gravata de espuma. Sem exageros, claro, mas não há nada mais desconsolado que uma cerveja com uma frisosinho de espuma no topo do copo, em vez daqueles dois dedos bem encorpados.
Vem a conversa da cerveja a propósito do calor que nos brindou este fim-de-semana. Não, não passei as tardes numa esplanada a beber "loiras" e a comer tremoços e amendoins, até porque é sabido que com este calor devemos evitar bebidas alcoólicas, mas vem a propósito de um batido refrescante que teimou em travestir-se para a fotografia. Enquanto preparava a foto, o chá começou a separar-se do sumo da meloa formando uma capa de espuma espessa a lembrar uma cerveja, uma dessas "loiras" só que não o era.


Ingredientes:
1 meloa gália
200 ml de chá de cidreira frio
2 cubos de gelo



Preparação:
Tradicional:
Coloque todos os ingredientes no copo misturador e misture á velocidade máxima durante 30 segundos.
Distribua pelos copos.
Bimby:
Coloque todos os ingredientes no copo e misture na velocidade 9 durante 30 segundos, dando 2 golpes de turbo no fim.
Distribua pelos copos.

16 de Maio de 2013

O meu restaurante de sonho

Não podia ter sido mais interessante a escolha da Manuela para esta edição do ”Convidei para jantar”. A verdade é que, cada vez com mais frequência, eu e o D. comentamos como é difícil encontrar um restaurante que nos encha as medidas (e não nos depene a carteira, claro). Mesmo de entre aqueles que frequentamos mais vezes, saímos sempre com uma triste sensação de insatisfação e chegamos sempre à mesma conclusão “theres no place like home” que é como diz o melhor restaurante fica…em nossa casa. Não é um restaurante de sonho, por isso. É um restaurante real onde as portas se abrem, de par em par, à família e a todos os amigos, reais ou virtuais. É um restaurante pequeno, mas ainda assim podemos escolher entre o terraço, nos dias de sol e sem vento, onde os olhos nos fogem constantemente para o mar e a sala aconchegante envolta em música calma. Podemos escolher entre um simples grelhado na brasa ou um assado mais elaborado ou só uns petiscos e uma boa conversa à volta da mesa. É um restaurante onde procuramos servir bons ingredientes. Embora o supermercado seja o nosso principal local de abastecimento, sempre que possível escolhemos comprar a pequenos produtores de acordo com os produtos da época. Tivemos sorte, por isso, para este jantar: o coelho caseiro e de proveniência de confiança foi temperado com as ervas que recentemente adquirimos para um pequeno quintal suspenso de aromáticas.

Por isso, hoje abro-vos a porta de minha casa para vos receber cheia de alegria. Entrem, pousem os casacos e as malas, sintam-se à vontade como se devem sentir entre amigos.
Agora que os dias estão mais compridos podemos deleitar-nos com a réstia do sol sobre o mar, pena é que o dia se tenha posto um pouco ventoso, porque gostaria muito de pôr a mesa no terraço, mas vamos ter que jantar no aconchego da sala.


O que tenho para vos oferecer é uma refeição simples, com sabores que muito apreciamos e espero que sejam também do vosso gosto.

Sugestão da chefe

Entradas:
Meia lua de requeijão com doce de abóbora e noz


Ingredientes:
1/2 requeijão por pessoa
2 colheres de sobremesa generosas de doce de abóbora
Preparação:
Coloque o requeijão  no meio do prato e cubra com o doce.

Espargos salteados com lascas de presunto


Ingredientes:
1 molho de espargos
Tiras de presunto
1 dente de alho
Azeite q.b.
Preparação:
Corte a ponta mais grossa dos espargos.
Coloque ao lume um tacho com água e sal e deixe levantar fervura.
Junte os espargos e quando a água voltar a ferver conte 3 a 4 minutos conforme a grossura dos espargos.
Coe e passe gentilmente por água fria para parar a cozedura.
Entretanto, esmague o alho e coloque-o numa frigideira com o azeite. Quando o azeite estiver quente junte os espargos e salteie-os.
Coloque-os no centro do prato e á volta o presunto lascado.

Prato principal:
Coelho na brasa com arroz de cenoura e favas


Para o coelho:
Ingredientes:
1 coelho limpo e preparado para grelhar
3 dentes de alho grandes
5 hastes de tomilho (só as folhas)
2 colheres de chá de sal
1 pitada de mistura de alho e gindungo Espiga
Preparação:
Comece por temperar o coelho com 3 a 4 horas de antecedência: pique os dentes de alho bem picados e coloque todos os ingredientes do tempero num almofariz. Esmague bem até quase obter uma pasta. Barre o coelho com o tempero e reserve no frigorifico.
Leve a assar lentamente na brasa.


Para o arroz:
Ingredientes:
1 chávena de arroz carolino
2 chávenas de água quente
½ cebola picada
1 dente de alho pequeno com pele esmagado
1 cenoura descascada e cortada em cubos
1/2 chávena de favas descascadas (sem a camisa)
Sal e azeite q.b.
Preparação:
Num tacho coloque a cebola e o alho e regue com azeite.
Deixe alourar em lume brando até a cebola começar a estalar, mas sem dourar.
Junte a água quente, tempere de sal e, em lume forte, deixe levantar fervura.
Acrescente o arroz, a cenoura e as favas, envolva e tape o tacho. Reduza o lume para calor médio e quando a calda começar a ferver novamente reduza para o mínimo. Deixe cozer o arroz, o que deve demorar cerca de 12 a 15 minutos.

Sobremesa:
Folhados de maçã




Ingredientes:
1 maçã fuji para cada 2 folhados
Marmelada de maçã q.b. (caseira)
Açúcar q.b.
Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180º.
Descasque as maçãs, corte-as em fatias finas e regue com sumo de limão
Dobre a massa folhada na diagonal, apenas para marcar o meio e volte a abrir o quadrado por completo.
Com uma faca afiada dê três golpes a meio de uma das metades, para criar aberturas na massa. Sobre a outra metade coloque uma fatia de marmelada de maçã, fatias de maçã (tantas quantas puder e polvilhe com cerca de 1 colher de café de açúcar.
Feche o folhado sobrepondo a parte golpeada sobre o recheio e com os dedos faça pressão sobre as beiras para que sele. Polvilhe com mais um pouco de açúcar e leve ao forno sobre uma folha de papel vegetal até a massa estar dourada.
Sirva morno e para os mais gulosos acompanhe com natas batidas ou uma bola de gelado de nata.

Bebidas:
Refresco de chá de roobois e frutos do bosque (morno ou frio)


Ingredientes:
1,5lt de água
½ laranja cortada em meias luas
½ limão cortado em meias luas
6 morangos limpos e cortados em pequenos pedaços
1 garrafa de água gaseificada
Açúcar a gosto
Preparação:
Pela manhã  faça o chá de Roobois com frutos do bosque. Deixe arrefecer e coe para uma jarra. Acrescente a água gaseificada, adoce a gosto e junte as frutas. Leve ao frigorifico até à hora de servir ou retirando um pouco antes se os convidados preferirem uma bebida menos fresca.

 E, assim, participo em mais uma edição do "Convidei para jantar", iniciativa do blogue "Anasbageri - A Padaria da Ana",  desta vez recebido pela Manuela do "A minha Cozinha é a Cores" sob o tema "Convidei para jantar no meu restaurante de sonho...".

7 de Setembro de 2012

Sumo de abacaxi e limão "com bolinhas"



Para os dias ainda quentes um sumo natural, fresco e gaseificado, "com bolinhas" ou "com borbulhas".

Ingredientes:
3 fatias grossas de abacaxi
12 cubos de limonada congelada (ou cubos de gelo e sumo de 1 limão)
1 garrafa de água das pedras
Açúcar a gosto
1 punhado de folhas de hortelã (opcional)

Preparação:
No liquidificador comece por triturar os cubos de gelo de limonada até obter cristais de gelo. Transfira para o copo. 
De seguida misture o abacaxi em pedaços, as folhas de hortelã e o sumo de limão se não estiver a usar a limonada congelada e reduza a sumo.
Adoce a gosto, acrescente a água das pedras, misture novamente, coe se necessário e verta sobre o gelo.

Sugestões: Guarde as cascas do abacaxi para mais tarde fazer uma geleia e se sobrar sumo congele em cuvetes de gelo para fazer um granizado ou refrescar e aromatizar uma água.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...