12 de setembro de 2011

Bacalhau gratinado





O fiel amigo da cozinha portuguesa nunca nos deixa ficar mal. Tem 1001 caras e 1001 formas de se apresentar à mesa sem nunca deixar ficar mal a cozinheira. De entradas a petiscos ou em prato principal. Cozido, assado, frito e de outras muitas maneiras. Postas altas ou fininhas (a barbatana é a minha parte preferida) ou desfiado e escondido. 1001 receitas tradicionais que são fonte de de inspiração para outras tantas formas de servir.
Este prato teve a sua principal inspiração no Bacalhau Dourado que a Mónica apresentou no seu "Pratos & Travessas", mas tornou-se numa fusão com o bacalhau com natas. Utilizei apenas um ovo, que é uma redução que procuro fazer em quase todas as minhas preparações culinárias, daí ter acrescentado o pão ralado para lhe dar um pouco mais de cor. 
O que sobrar pode congelar em doses individuais. Pode salvar-lhe uma refeição num dia que não tenha muito tempo ou levar na marmita para o trabalho.

Ingredientes:
O bacalhau e companhia:
2 postas de bacalhau
4 batatas
1 couve branca pequena (ou couve penca)
1 cenoura
1 cebola
2 dentes de alho
Pão raladoO bechamel:                                                                                                                                         400 ml de leite
40 ml de azeite
40 gr. de farinha


1 gema
1 clara (mesmo reduzindo às gemas como eu fiz, aconselho acrescentar mais claras, usando as 3 da receita da Mónica para dar mais fofura ao creme)

100 ml de natas (pode acrescentar até aos 200 ml)
Sal, pimenta (não usei) e noz moscada

Preparação:
Coza o bacalhau, as batatas e a couve em água fervente.
Coe o tacho e deixe arrefecer.

Entretanto, prepare o bechamel:
Ferva o leite e reserve (pode usar parte leite e parte a água de cozer o bacalhau).

Num tacho deite o azeite e a farinha e mexa com a colher de pau até o azeite absorver toda a farinha. Comece a juntar o leite aos poucos e poucos, mexendo entre cada adição até a farinha absorver o leite. Quando tiver usado cerca de metade do leite acrescente o restante de uma só vez e continue a mexer, em lume brando, até o molho engrossar (se criar grumos passe a varinha mágica). tempere com sal e noz moscada e um pouco de pimenta se quiser.
Deixe arrefecer, mexendo com a vara de arames para não criar "crosta".
À parte misture a gema com as natas e junte ao bechamel quando este esfriar.

Na bimby: no copo coloque o leite, o azeite e a farinha e programe: 8min/90º/vel. 4. tempere e continue os restantes passos acima.

Voltamos ao bacalhau que já arrefeceu um pouco:
Desfaça o bacalhau em lascas grossas, retirando as espinhas e as peles (a pedido deixei ficar as peles).
Corte as batatas em rodelas e a couve em pedaços pequenos.
Pique a cebola, a cenoura e os alhos (Bimby: 5 seg/vel 5) e refogue em azeite (Bimby: 5 min/100º/vel.1). Junte as lascas de bacalhau e envolva (Bimby: 1 min/colher inversa).

Numa travessa de forno com alguma altura espalhe no fundo as batatas, cubra com as couves e finalmente espalhe o bacalhau.
Regue com o molho, polvilhe com o pão ralado e leve ao forno a gratinar.

Outras receitas de bacalhau nesta cozinha:
Salada de cuscuz e bacalhau
Paté de bacalhau
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...