9 de março de 2011

Açorda de Bacalhau e Grelos


Os desejos de açorda começaram aqui e ter-se-iam dado por satisfeitos se não tivesse a Mónica libertado todos os sabores e aromas desta açorda. Assim que a vi não descansei até ter a oportunidade de levar á mesa uma açorda de bacalhau.


Ingredientes:
250 gr. de bacalhau desfiado
180 gr. de pão rústico (utilizei também pão integral)
1 mão cheia de grelos
1 cebola pequena
5 dentes de alho
1 folha de louro
Azeite q.b.
Sal q.b.


Preparação:
Coza o bacalhau em água fervente. Reserve água e bacalhau em separado.
Coza os grelos e escorra.
Fatie o pão e demolhe-o em água, usando parte da água de cozedura do bacalhau.
Num tacho faça um refogado com azeite abundante, a cebola e os alhos picados e o louro. Deixe a cebola amolecer e alourar, mas sem queimar.
Junte-lhe o bacalhau e envolva. Acrescente mais azeite se necessário.
Acrescente os grelos e envolva cuidadosamente no bacalhau.
Esprema o pão e esmigalhe-o com as mãos juntando-o, bem como à agua que largar, à mistura de bacalhau e grelos, rejeitando alguma codea dura.
Deixe cozinhar a açorda, acrescentado, a pouco e pouco, água de cozedura do bacalhau, mexendo sempre com a colher-de-pau, envolvendo até obter a consistência desejada. Eu gosto das açordas mais secas, perto da consistência do que para mim são as migas (deixando de parte discussões acerca do que sejam migas e açordas e sopas).
Desta receita não constam os ovos que tantas vezes são adicionados à açorda e nela envolvidos, porque não são do agradado de todos e para evitar o consumo em excesso dos ditos, mas para mim, não resisti em acrescentar um ovo escalfado.


Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...