23 de março de 2011

Coelho assado com tomilho e mel


Dispensam-se palavras. Coelho é uma das minhas carnes preferidas. Assado ou estufado, temperado com ervas ou não. Nunca fiz, até á data, um prato de coelho do qual dissesse que não gostei, embora me lembre de um em particular, estufado, que estava tão bom, tão suculento que nada sobrou do jantar para o dia seguinte. nada mesmo e não estou a falar de um coelho pequeno ou de muitos comensais. E mais não digo.
Segue-se o coelho. Caseiro.
Ingredientes:
1 coelho
1 ramo pequeno de tomilho
5 dentes de alho
1 ramo pequeno de salsa
1 colher de café de massa de pimentão
1 colher de chá de mel
Vinho branco q.b.
Sal q.b.
Azeite q.b.
1 cebola
Batatas q.b.

Preparação:
De véspera prepare o coelho, limpando-o de todas as gorduras.
Num almofariz faça um piso com sal, as folhas do tomilho e da salsa, os alhos picados e azeite.
Acrescente a massa de pimentão e o mel e envolva.  Junte a este piso cerca de 1 copo de vinho branco e regue o coelho com esta marinada.
Deixe o coelho no frigorífico, num recipiente tapado, de um dia para o outro, virando-o a meio do tempo.
Corte a cebola em gomos ou rodelas e coloque-as numa assadeira ou tabuleiro de forno. Descasque as batatas, lave-as e enxugue-as e disponha no tabuleiro. Polvilhe de sal e regue tudo com um bom golpe azeite.
Leve ao forno pré-aquecido a 200º durante 30 minutos, até a batata começar a dourar (em casa, especialmente quando o tempo não é muito, ligo o grill do forno durante uns minutos, até a batata começar a empolar). Tenha cuidado para a cebola não queimar.
Passados os 30 minutos, coloque o coelho no centro do tabuleiro, sobre a cebola. Tempere-o de sal e regue com a marinada e mais um pouco de azeite. Volta ao forno para assar, acrescentando água ou vinho branco se o molho começar a secar.
Além da batata acompanhou com arroz de carqueja e miúdos (pode utilizar infusão de carqueja para acrescentar molho ao assado se necessário).
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...