17 de julho de 2010

Cabrito assado no forno com arroz de miudos


Os Santos Populares já lá vão de barriga cheia de festança e de comida. Para o meu querido S. João não faltaram, na noite das fogueiras e balões, as sardinhas bem assadas e os pimentos a acompanhar e no dia em que o festejamos à mesa só podia ter sido servido o tradicional cabrito assado. 

Ingredientes:
O cabrito:
Cabrito q.b.
2 laranjas
Vinho branco q.b.
1 colher de café de massa de piri-piri
Alhos q.b.
Sal q.b.
2 cebola
Azeite q.b.

O arroz:
Miúdos do cabrito
Arroz q.b.
Água q.b.
Sal q.b.
Azeite q.b.
1 colher de café de açafrão

E ainda:
Batatas q.b. (Nota: do jantar haviam sobrado algumas batatas cozidas, para as aproveitar, por sugestão do D, parti-as em quartos e juntei ao tabuleiro do assado a meio do tempo. O resultado foi muito bom.) 

Preparação:
O assado:
De véspera, limpe bem o cabrito, tempere-o de sal e cubra-o com a seguinte marinada: uma cebola às rodelas, alhos partidos grosseiramente, sumo das laranjas (deixe ficar as laranjas espremidas junto do cabrito), vinho no qual dissolveu previamente a massa de piri-piri. 
No dia cubra o fundo de um tabuleiro de ir ao forno com rodelas de cebola, incluindo as que serviram para a marinada. Por cima pouse o cabrito com a pele virada para cima. Regue com azeite e um pouco da marinada  coada. 
Descasque as batatas e parta em quartos. Disponha à volta do cabrito e tempere de sal.
Leve a forno pré-aquecido a 220º até a pele do cabrito dourar (depois de cerca de 20 a 30 minutos de forno costumo ligar o grill para ajudar a tostar a pele, mas sempre a vigiar para não queimar, voltando de seguida ao modo de assar normal).
Não deixe o assado secar, vá regando a marinada ou água.
Estando quase pronto vire o cabrito para dar um pouco de cor.
Sugestão:
Entretanto, se tiver sobrado alguma marinada, transfira-a para um tacho pequeno, acrescente-lhe 4 a 5 colheres do molho do assado e 2 colheres de vinho. Dissolva neste molho 1 colher de sopa de farinha maizena e leve a lume brando, mexendo sempre até engrossar. Sirva à parte.

O arroz:
Coza os miúdos em água e sal e reserve o caldo.
Num tacho de barro refogue a cebola e um dente de alho picados em azeite.
Quando a cebola amolecer junte os miúdos partidos em pedaços pequenos.
Junte o arroz e envolva até o bago ficar transparente.
Acrescente a água de cozedura dos miúdos em quantidade suficiente para o arroz (se o caldo não for suficiente acrescente água).
Acrescente o açafrão e mexa para dissolver.
Deixe ferver um pouco e de seguida diminua o calor do fogão para o mínimo.
Quando a água tiver desaparecido quase completamente desligue o fogão e envolva o tacho em jornais e embrulhe em panos de cozinha ou numa toalha de algodão. 
Deixe em repouso até à hora de servir.
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...