17 de maio de 2012

Pão alentejano - venturas e desventuras e um convidado especial

"....
Não. Não são textos da gaveta porque isso significaria a existência de uma gaveta que, normalmente, faz parte de uma secretária, e eu não tenho secretária. Nem tenho nem quero ter, pois escrevo em cima de uma grossa tábua herdada de um velho padeiro hamburguês.
Certa tarde de skat, um jogo de cartas muito do norte da Alemanha, o velho padeiro anunciou aos seus colegas de partida que a artrite o obrigava a lançar a toalha e a fechar a padaria.
- E o que vais fazer agora, meu velho manhoso? -perguntou-lhe um dos amáveis jogadores.
- Considerando que nenhum dos meus filhos quer continuar na profissão e que as minhas máquinas foram declaradas obsoletas, vou mandar tudo para o inferno e oferecer o que ainda transpirar carinho - respondeu o velho Jan Keller, e seguidamente convidou-nos para uma grande borga na padaria.
Lá recebi a grossa tábua sobre a qual amassou pão durante cinquenta anos, e sobre ela amasso as minhas histórias. Amo esta tábua que cheira a fermento, a sésamo, a gengibre, ao mais nobre dos ofícios. Com que então uma secretária... para que raio ia eu querer uma secretária?"
Luís Sepúlveda, in "Patagónia Express"


Chegou de sorriso aberto. O calor tão ansiado tinha vindo sem aviso e pediu um copo de água fresca. Acompanhei-o ao terraço, onde a mesa estava posta para umas petiscadas: o pão alentejano, acabado de cozer há um par de horas e já fatiado no cesto, pedia a companhia de rodelas de chouriço assado na brasa e de fatias de paio e de presunto. O requeijão fresco e as azeitonas também compunham a mesa. Mais para o fim da tarde sairiam da brasa umas fêveras temperadas em vinha de alho. Um branco fresco do Douro convidava a longas conversas. 

Luís Sepúlveda recordou os momentos de tensão do golpe militar levado a cabo por Augusto Pinochet e os anos de prisão. Falamos da emoção que sentiu no regresso ao Chile e contou divertidas peripécias dos países onde depois viveu, desde a América Latina à Europa. Recordou, comovido, a época vivida no Equador entre os índios Shuar, ao serviço da Unesco, e o seu muito querido amigo Chico Mendes, grande defensor da floresta amazónica e assassinado em 1988 por opositores dos seus ideais.
Apaixonado pela natureza e acérrimo defensor de causas ambientais, navegou com a Greenpeace. O seu rosto entristece-se quando comentamos o tão mal que tratamos o ambiente, como desperdiçamos os recursos que a Mãe Natureza pôs à nossa disposição. Como insensatamente os esgotamos. 
Conversamos acerca do mundo. Dos dias difíceis que se vivem por todo o lado, da necessidade de repensar o nosso modo de vida, de tentarmos regressar à simplicidade. Para nosso bem e das gerações vindouras. Para bem da humanidade. Será isso possível? Luís encolhe os ombros. Temos que tentar, diz, não baixar os braços. Se cada um de nós tiver um pequeno gesto por dia nesse sentido, no fim do dia teremos sido muitos.
- Eu tenho um pequeno luxo, sabias? - Entreolhei-me - "Os meus luxos são as palavras, é a minha voz, ao serviço dos que a não têm".
Despedimo-nos já o sol caía sobre o mar. Regressava, ainda hoje, à sua casa nas Astúrias. Quem sabe se levava alguma inspiração para continuar a novela que tinha como personagem principal um pirata português de nome Sebastião Alentejo.
Ah... e não, não trouxe a tábua de escrever com ele, para grande pena minha. E sim, um escritor que solta as palavras sobre uma tábua de amassar pão tinha que ser o convidado da 5ª edição do fantástico  "Convidei Para Jantar" a correr nesta minha humilde casa, depois de ter passado pela casa da Pami Sami

É com muito gosto que vos lanço o desafio de convidarem para jantar um escritor contemporâneo. Aquele que mais gostam de ler. O autor do livro que mais vos impressionou ou daquela frase que é a vossa citação para a vida. Um autor da actualidade. Romancista, poeta, dramaturgo. Soltem as letras, remexam o caldeirão, façam brotar as palavras e sirvam-nas em livros.
Ficam, então, aqui algumas indicações para quem quiser participar nesta edição:
- O tema é: "Escritores Contemporâneos"
- As participações devem ser publicadas até dia 16 de Junho no vosso blogue, deixando na caixa de comentários deste post o respectivo link.
- A publicação deve incluir um link para a página do desafio no blogue "Anasbageri - A Padaria da Ana" e para esta edição.

Pão Alentejano para horas de conversa
(Fonte: Zine de Pão)

Ingredientes:
Massa Velha:
70 gr. de farinha de trigo
30 gr. de água
50 gr. de isco de trigo (veja aqui)
25 gr. de sal

Massa Final:
370 gr. de farinha de trigo rijo ( em alternativa farinha de trigo normal, que foi a que usei)
270 gr. de farinha de trigo
390 gr. de água
13 gr. de sal
150 gr. de massa velha

Preparação:
Massa Velha:
Junte todos os ingredientes e amasse até formar uma bola. Coloque num recipiente com tampa e guarde no frigorífico durante 48h. No fim desse tempo a massa dobrou de volume e tem um cheiro avinagrado.*

Massa Final:
Misture as farinhas e a água até obter uma espécie de massa. Deixe repousar 20 a 30 minutos, junte a massa velha e o sal e amasse durante 15 a 20 minutos até conseguir uma massa lisa e brilhante. Pode usar a máquina para amassar. Neste caso amasse durante 5 a 7 minutos.**
Transfira a massa para uma taça oleada e deixei levedar por 4 horas á temperatura ambiente (deixe levedar 5 horas), esticando a massa ao fim das primeiras duas horas, conforme (mais ou menos, vá lá) a Ana mostra aqui.
Retire o pão para a bancada enfarinhada e retire 200 gr. de massa para usar no próximo pão***. À massa que vai cozer agora dê a forma de uma bola e coloque num tabuleiro enfarinhado. ****
Deixe levedar novamente, durante cerca de 45 minutos ou até dobrar de volume e asse em forno pré-aquecido a 250º durante os primeiros 5 minutos, reduzindo, então, a temperatura do forno para 200º. Um pão de 1kg leva cerca de 1 hora a assar um pão de 500 gr. entre 30 e 45 minutos.

Outras Considerações:
* Preparei a massa velha  na quinta-feira à noite pensando começar a preparar o pão no sábado à noite, mas acabei por o fazer apenas no domingo pelas 11h00.
**Tentei amassar com a batedeira e os ganchos, mas talvez a massa fosse demasiado pesada para a minha batedeira ou o facto de a taça ter rotação dificultou o processo: a massa envolvia um dos ganchos e acabava por subir sem voltar a descer, até que o gancho se soltava. Acabei por transferir para a bimby onde amassou 5 minutos em velocidade espiga.
*** Pode guardar a massa velha até 3 dias no frigorífico ou durante mais tempo no congelador. Optei por guardar a minha no congelador, mas quando a utilizei de novo quase não houve levedação. O pão ficou pesado, denso, no entanto, sempre saboroso.
****Usei um prato de barro que não enfarinhei. O pão colou e acabei por perder um pouco da côdea ao tentar retirá-lo do prato.

53 comentários:

Anónimo disse...

Adorei o tema, tanto mais que é nesta altura do ano que mais gosto de o fazer, ler.

são33 disse...

UM PÃO LINDO E QUE DELICIA QUE DEVE TER FICADO.
ADOREI O TEU POST TENS IMENSO JEITO PARA ESCREVER...PARABÉNS.
BJ

Os Babinhos disse...

Belo pãozinho, adoro.

Bjocas

As Papinhas dos Babinhos

Susana disse...

Olá Carla, gostei muito de te ler. Senti-me envolvida na estória. Muito bom :)
Já sei quem vou convidar. Agora é só escolher a ementa.
Também apreciei muito o teu pão Alentejano. Depois do da minha mãe é o meu preferido :)

Beijinhos

Lurdes Losquinhos disse...

Que rico pão!
Bjs

Sabor no Prato disse...

Ótimo post. Que pão gostoso!

Um abraço, Fabiana.
http://sabornoprato.blogspot.com.br

anasbageri disse...

Carla!!!!

Que bom! UI!! Aqui é feriado e o viking e eu já estamos a ferver com ideias!
Obrigada pelo cuidado com que aprsentaste o tema, adorei o texto, o convidado, olha do pão nem se fala =D

Já tenho aqui uma pessoa pendurada no ombro a querer este pãozinho :)

bjs

frango do campo disse...

que belo pão alentejano :) e mais uma vez um tema difícil ( para escolher um entre tantos) vou já começar a pensar hehehe beijinhos

cacahuete disse...

Paozinho alentejano com uma bela de uma chourica assada, aiiii, de comer e chorar por mais. Ja tenho tantas saudades de comer um paozinho assim.

Vou tentar responder a este desafio...

Beijinhos

Moira disse...

O tema é perfeito, adoro ler e acho que pela primeira vez não tenho dúvidas sobre quem vou convidar.
Excelente desafio!
Beijinho e até breve!

Maria disse...

Carla, que excelente escolha de tema. Sem dúvidas nenhumas sei quem vou convidar e o que vou oferecer.
Quanto ao teu post, está tão cativante que o li de uma enfiada esquecendo-me do que me rodeia. Adorei.
O pão está a condizer com tudo o resto.
Bravo!!!
Beijinhos
Maria

Babette disse...

Gosto tanto de ler que fiquei entusiasmada e ... baralhada! Quem será que irei convidar?...
Babette

Ginja disse...

Carla, adorei a escolha do tema :)
E o teu post está tão lindo que dá gosto de ler e apreciar.
Um pão maravilhoso.
Beijinho.

Gisela disse...

Que delicia de pão, e que belo texto
Um beijinho

Ilídia disse...

Olá, Carla. Gostei muito do teu pão e do texto sobre o teu jantar com o Luís Sepúlveda. Gosto muito dos seus livros. Muito mesmo de O velho que lia romances de amor (título delicioso:). Vou ver se consigo participar, uma vez que adorei o tema, mas este mês não vai ser fácil para mim, devido ao final do ano letivo, com todo o trabalho que implica. Mas prometo que vou tentar.
Um beijo,
Ilídia

Vera disse...

ai, ai...pão alentejano umas das melhores coisas do MUNDO, e o teu tem optimo aspecto...até sinto aqui o cheirinho a pão acabo de sair do forno hehe

Lily disse...

Quando vi este post soube no mesmo instante quem iria convidar e sem perder tempo organizei tudo. Aqui fica a minha contribuição:

http://saborescomhistoria.wordpress.com/2012/05/18/convidei-para-jantar-carloz-ruiz-zafon/

Anónimo disse...

Um tema deveras interessante. Conta comigo neste desafio. Já tenho vários escritores a fervilhar na minha mente. Agora é só arranjar tempo para preparar o jantar.
Um abraço
patrícia

Vera Ferraz disse...

Que belo tema! Parabéns pelo texto, apetece mesmo pôr tudo em Pause e agarrar um livro no sossego. Porque a velocidade dos dias tem que ser contrariada. Vou pensar já no convidado para não deixar para os últimos dias.
Bom fim de semana!

Alice disse...

Carla que tema fantástico e que belíssimo começo!! Um convidado brilhante brindado com um fantástico pão!
Claro que vou já pensar em quem hei-de convidar:))
Beijinhos e até breve!

Diogo Marques disse...

Eu adoro pão alentejano :) Tem uma textura única e especial, sendo muito mais encorpado que um pão normal :)

Marmita disse...

Adorei o tema, o pãozinho e já estou a começar o meu "estágio" para o meu convite! beijos e até breve!

Ilídia disse...

Olá, Carla. Aproveitei o fim de semana para participar no desafio. Convidei o José Luís Peixoto. Foi uma conversa deliciosa, à volta da mesa:)
Um beijo,
Ilídia

http://maisacrequedoce.blogspot.pt/2012/05/uma-flor-branca-para-um-escritor.html

Marmita disse...

Olá Carla, tentei procurar o teu email.. mas n encontrei, o meu convidado pode ser um escritor já falecido.. apesar de ser actual??? beijo

Susana disse...

Olá Carla, deixo aqui a minha participação

http://belinadailha.blogspot.pt/2012/05/convidei-para-jantar.html

Convidei a Lesley Pearse para jantar cá em casa. Não podia-mos ter tido melhor serão com conversas maravilhosas ;)

Beijinhos

Carla disse...

Marmita,
Podes convidar um escritor falecido, sim, desde que contemporãneo. Afinal, as palavras eternizam-se e eternizam quem as escreveu, não é?
Fico a aguardar a tua participação.
Beijinhos

Viciante disse...

Olá!

Gostei muito do tema e já estou a pensar em quem convidar! Tenho tantos escritores que me enchem o coração que não sei quem escolher!

Beijinho!

Pami Sami disse...

Oh Carla, desculpa ainda não ter passado por cá, o tempo por aqui voa! Pois é o teu tema deixou-me pensativa.. Essa parte dos contemporaneos.. Vou ver quem pesco para jantar hehe!
E parabéns pelo teu pão alentejano tão mimoso e bem parecido :)
Do teu convidado, não li quase nada, mas a minha mãe é uma grande fã!
Desejo-te muito sucesso neste desafio!
Beijinho*

Lenita disse...

Olá Carla,
Já começou o novo desafio, o tema é excelente! Eu gosto imenso de ler, e vai ser muito difícil escolher só um convidado.... há tantos que adoro!
O pão do alentejo é... fabuloso!
O teu texto está magnifico! Parabéns.
Bjs

Manuela disse...

Que belo "panito"! Acho que vou experimentar cá em casa. Queria pedir-te o favor de me enviares a imagem do desafio "convidei para jantar", pois não consigo copiá-la e gostaria de colocá-la no Cravo e Canela. Se a internet não me falhar (como aconteceu nas anteriores edições) receberei um convidado especial aqui em casa. Bjnhos

CNS disse...

Adorei este tema e já sei quem vou convidar :)
Também gosto muito do Luis Sepulveda .

Maria disse...

Olá Carla,
Venho contar-te como correu o jantar com o meu convidado muito especial. Espero que gostes.
Beijinhos
Maria
http://oficinadaspapitas.blogs.sapo.pt/51742.html

argas disse...

Adorei o pãozinho e adorava participar. vou tentar!

Lenita disse...

Olá Carla,
A minha convidada já chegou... tenho uma surpresa para ela!

http://tentacoesobreamesa.blogspot.pt/2012/06/aspic-de-frutos-silvestres-e-uma.html

Espero não decepcionar.
Bjs

Anónimo disse...

Olá Carla.
É com muito gosto que volto a participar neste desafio.

O jantar já aconteceu.

http://foodwithameaning.wordpress.com/2012/06/03/convidei-para-jantar-gabriel-garcia-marquez/

um abraço.
Patrícia

Anónimo disse...

Olá Carla.
Fico contente por também gostares da escrita de Gabriel García Márquez.Foi um convidado muito cativante. Até adormecer. Será que o entediei?:)

P.S. Tomei a liberdade de editar o teu primeiro comentário alterando o nome. Depois, eliminei o segundo por não fazer sentido a sua permanência.Confusões acontecem. No problem.

Um grande beijinho.
Patrícia

Babette disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Babette disse...

Segui o apelo do coração.... E convidei a escritora em quem pensei mal surgiu o desafio: Isabel Allende.
http://afestadebabette.blogspot.pt/2012/06/salada-de-corvina-e-batata-nova-para.html
Um beijo
Babette

Anónimo disse...

Olá Carla

Gostei muito da tua escolha: escritores contemporâneos.
Aqui fica a minha participação em mais um Convidei para jantar...
http://panelasemdepressao.wordpress.com/2012/06/06/convidei-para-jantar-ian-mcewan/

Um beijinho
Guida

Ginja disse...

Olá Carla,
aqui fica a minha participação, adorei o tema escolhido.

http://ananasehortela.blogspot.pt/2012/06/convidei-para-jantar-nuno-camarneiro.html

Um beijinho.
Ginja.

Carla disse...

Obrigada Patricia.
Um beijinho grande

Manuela Maia disse...

Olá Carla,
Antes de mais obrigado por nos receber com este inspirador passatempo, o tema que propôs foi uma aventura deliciosa, aqui deixo a minha participação:

http://aminhacozinhaeacores.blogspot.pt/2012/06/paula-ja-ca-estava-ansiosa-pelo.html

Beij
MM

ptc disse...

Carla,
A minha contribuição para o Convidei... já está no blogue Pão de Cereais - http://paodecereais.blogspot.pt/2012/06/este-sabado-convidei-para-jantar.html.
Aconselho vivamente a leitura dos escritos do convidado!
Parabéns pela seu pão alentejano - é o melhor pão do mundo!
Abraço,
ptc

Matilde Rebelo disse...

Ainda que o José Luís Peixoto já tivesse sido tão bem homenageado no âmbito desta edição, não quis deixar de o fazer novamente, também no pão de cereais: http://paodecereais.blogspot.pt/2012/06/convidei-para-jantar-jose-luis-peixoto.html

Uma excelente iniciativa esta, que não conhecia, mas que a minha companheira de blogue felizmente me deu a conhecer.

O pão, esse... seguramente que é uma perdição. Levei umas fatias.

Mané disse...

Com um beijinho de boa noite e um obrigada pela excelente sugestão
Aqui fica a minha participação
http://obolodatiarosa.blogspot.pt/2012/06/licor-de-poejo-para-brindar-um-jantar.html

Su disse...

Com tanta coisa que tenho tido acabei por me perder nos meus desafios. Mas não posso mesmo deixar de passar este e ainda tenho uns dias :D
Uma grande beijoca e não tarda digo qualquer coisa ;)

Maria João Monteiro disse...

Adorei o desafio deste mês, agui fica a minha participação
http://catastrofesculinarias.blogspot.pt/2012/06/pao-saloio-recheado-para-um-escritor.html

pedra de sal disse...

Carla deixo aqui a Minha humilde participação.obrigado por nos receber no seu blog
www.umapedradesal.blogspot.pt/2012/06/paulo-coelho.html.

anasbageri disse...

Aqui está!
http://anasbageri.wordpress.com/2012/06/11/convidei-para-lanchar-patrick-suskind/

Marmita disse...

Aqui está a minha, beijo.
http://minhamarmita.blogspot.pt/2012/06/gaspacho-de-pepino-e-menta-e-um-convite.html

Su disse...

Carla, consegui :)
Aqui fica então a minha participação:
http://suvellecouisine.blogspot.pt/2012/06/convidei-para-jantar-juliette-benzoni.html

Vera Ferraz disse...

Olá, aqui fica a minha simples participação:
http://hojeparajantar.blogspot.pt/2012/06/convidei-para-jantar-joanna-walsh-e.html

Moira disse...

Olá Carla,
Bem em cima da hora, aqui fica a minha participação: http://tertuliadesabores.blogs.sapo.pt/141075.html
Agora vou espreitar os convites dos outros :)
Beijocas
Manuela

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...