18 de maio de 2012

Dorie ás Sextas - Pudim Flan



Acabou por ser com o "Dorie às Sextas" que estreei em absoluto um pudim na minha cozinha.
Desde pequena que tenho apenas 2 pudins na minha lista de receitas favoritas: o pudim de laranja da minha mãe e o pudim Flan de um restaurante que os meus pais costumavam frequentar e a que não vou há décadas. Por isso, quando vi a receita escolhida para este desafio decidi que não deixaria passar esta oportunidade.
O pudim flan da minha infância tinha furinhos. O da Dorie não. O meu saiu com alguns furinhos mas apenas no exterior, o que me deixou encantada.
Dorie prefere fazer este pudim numa forma grande em vez das tradicionais formas individuais e ressalva que se optarmos pela forma maior o pudim deve ser consumido no mesmo dia, mas que se utilizarmos formas individuais o pudim mantém todo o seu sabor durante 2 dias, desde que não seja desenformado entretanto. Optei, por isso, pelas formas individuais utilizando ramequins de louça.
Uma pequena distracção e o meu caramelo ficou um pouco mais escuro que o pretendido, o que se revelou uma mais valia já que o pudim é um pouco "gordo". Tive também alguma falta de destreza ao passar a faca entre o pudim e a forma, cortando um pouco do mesmo, daí na foto metade se apresentar com os furinhos e a outra metade não. Nada que a prática não resolva.
Nota final positiva para mais um desafio do Dorie às Sextas



(Fonte: "Baking", de Dorie Greenspan)
Serve 5 ramequins como os das fotos
Ingredientes:
1 e 1/2 chávena de leite gordo
1 e 1/4 chávena de natas
1/2 chávena de açúcar
3 ovos grandes (usei médios)
2 gemas grandes (usei 1 gema média)
1 colher de chá de extracto de baunilha (não usei)
Caramelo:
1/3 de chávena de açúcar
3 colheres de sopa de água misturada com sumo de limão (utilizei a água sem o sumo)

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180º.
Forre um tabuleiro onde caiba a forma ou formas que vai utilizar para o pudim, com duas camadas de papel de cozinha.
Ferva água e reserve.
Se utilizar uma forma grande coloque-a no forno para aquecer enquanto prepara o caramelo, dispensando este passo se usar formas individuais.
O caramelo:
Deite o açúcar e a água num tachinho e leve ao lume médio/forte, sem mexer,  até obter um caramelo de cor âmbar. Retire o tacho do fogão assim que começar a fumegar.
Retire a forma do forno (se tiver optado por uma única forma)  e espalhe o caramelo, inclinando a forma para que fique uniforme. 
O Pudim:
Tradicional:
Ferva o leite e as natas.
Entretanto misture os ovos, as gemas e o açúcar e bata energicamente durante um minuto ou dois e, de seguida, misture o extracto de baunilha.
Sobre esta mistura deite cerca de um quarto da mistura de leite e natas quente, mexendo sempre. Acrescente lentamente a restante mistura quente.Com uma colher retire as bolhas e espuma que se formarem.
Bimby:
Deite todos os ingredientes no copo e misture 15 segundos/vel.5.

Coloque a forma ou ramequins na assadeira que forrou com o papel, verta o creme na forma ou ramequins e encha a assadeira com a água quente até metade dos lados da forma de pudim.
Asse por 35 minutos ou até dourar. O pudim estará pronto quando espetar a ponta de uma faça no centro e esta sair limpa.retirar do forno para uma grelha e passar uma faca pelas laterais da forma.
Deixe arrefecer à temperadtura ambiente e leve ao frigorifico por 4 horas.Antes de desenformar passar novamente a faca entre o pudim e a forma.


Considerações:
1 - Achei pouca a quantidade de caramelo indicada. O meu quase que queimou, mas ainda assim utilizei-o. O sabor ligeiramente mais amargo (ligeiramente apenas) compensou a doçura do pudim.
2 - Embora, por regra, procure substituir os ingredientes gordos pelos menos gordos, desta vez optei por seguir a receita quase à risca (omiti 1 gema) usando leite e natas gordos, mas penso que o pudim não teria perdido em nada com ingredientes com menos teor de gordura, até porque na ausência do caramelo este pudim ter-se-ia tornado enjoativo.
3 - Quanto ao tempo de cozedura os meus ultrapassaram largamente o tempo indicado na receita. Três situações podem ter ocorrido para este resultado: a) usei ramequins de louça e não os tradicionais de aluminio para o pudim flan, que são mais finos e aquecem mais rapidamente; b) optei pela preparação na bimby, a frio, em vez da indicada pela Dorie em que o preparado já entra nas formas morno; c) não aqueci a água que utilizei para o banho-maria. Esperemos para comparar com as experiências das outras "Dories".
4 - Não correu muito bem a parte de passar a faca nas bordas do pudim. Acabei por cortar um pouco do mesmo,

13 comentários:

Anónimo disse...

E pelo que vejo ficou muito bem :)

Susana disse...

Carla, apesar das tuas considerações eu gostei do aspeto de pudim. Sou como tu e tento sempre optar por ingredientes menos gordos. Mas para um dia diferente estes pudins parecem ser adequados. Não entendi o que querias dizer com forrar a forma com papel e deitar água :( Explica-me se faz favor :) e desculpa a minha ignorância :)
O meu marido é que adora pudim flã, qualquer dia faço-lhe uma surpresa :)

Beijinhos

Maria disse...

Também fizeste individuais:)) Também acho que ficam mais agradáveis. O teu está lindo, lindo.
Beijinhos e bom fim de semana.
Maria

Carla disse...

Susana,
Não é ignorância, eu é que não me expliquei bem: pões papel de cozinha num tabuleiro de forno (pode ser uma forma de bolo rectangular, por ex.)e colocas os ramequins com o prepardo do pudim nesse tabuleiro e enches o tabuleiro com água até mais ou menos meio dos ramequins para cozer em banho-maria. O papel tem como função não deixar escorregar as forminhas quando transpostas o tabuleiro para o forno e quando o tiras do forno.
Beijinhos e um bom fim-de-semana
P.S. Se não tiveres ficado esclarecida diz.

Luisa Alexandra disse...

Ficou muito bonito o teu pudim.

O Cantinho da Sophia disse...

Ficou lindo o pudim. Parece mesmo delicioso!
Beijocas

Fio de Algodão disse...

Olá!

Que bom aspeto!

bjhos Paula

são33 disse...

GOSTO DE VERSOES MINIS,FICOU LINDO.
BOM FIM DE SEMANA
BJS

gina disse...

Carla, parece que tivemos quase os mesmos problemas e conclusões!!!! Entretanto o teu ficou com uma côr linda, talvez devido ao caramelo. A idéia de fazer minis, deixou-os mais lindos!!! Beijinhos da Gina

Barida disse...

que belo pudim flan, comia muito quando era pequena, e ainda hoje é das minhas sobremesas favoritas. beijinhos :)

Susana disse...

Apesar de eu não gostar de pudins, estão com óptimo aspecto! Parabéns!

Paula Castro disse...

Mesmo assim ficou lindo!! Como eu adoro pudim flan e estou em "contenção de calorias", decidi usar só leite meio gordo em vez das natas e do leite gordo, vamos ver como ficou!
Parabéns!

Gisela disse...

Ficaram lindos, e devem ser muito bons.
Esta quinzena não vou participar
Um beijinho e bom domingo

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...