22 de março de 2012

Costela Mendinha com Ameixas


O inverno passou a correr. Mal demos por ele. Poucos dias de muito frio e um inicio de ano bem chuvoso rapidamente deram o lugar a dias de sol e até de calor. Alegres dias de céu azul que nos enchem de vontade de sair para a rua, mesmo sabendo que estamos completamente rendidos às ganas das estações que nos últimos anos teimam em baralhar-nos o calendário, trazendo frio quando devia estar calor e calor quando deveria estar frio. Em tom de despedida breve ao inverno deixo aqui um prato reconfortante que sabe a casa, família, boa companhia. Um prato quente que já deu as boas-vindas aos dias frios, aqui no blogue, e que hoje deles se despede, mas que pode ser servido sempre que quisermos. Sempre que procuramos conforto na comida.

Ingredientes:
800 gr. de costela mendinha
1 cenoura
2 cebolas
4 dentes de alho
2 folhas de louro
1 colher de sopa de compota de ameixa
1 malagueta pequena
300 ml de vinho tinto
6 ameixas secas
Azeite q.b.
Sal q.b.
Farinha q.b. (opcional)
500 gr. de batata
200 ml.
Manteiga q.b.



Preparação:
Tempere a costela com sal, 1 cebola às rodelas, 3 dentes de alho picados, 1 folha de louro, a compota, as ameixas, a malagueta e o vinho. Deixe tomar gosto durante 2 a 3 horas ou, de preferência, de um dia para o outro.
Seque os pedaços de carne e passe levemente por farinha (opcional). Esta farinha vai ajudar a espessar ligeiramente o molho. Reserve.
Num tacho deite um fio de azeite, a cebola e a cenoura às rodelas, 1 dente de alho esmagado e 1 folha de louro. Deixe refogar um pouco em lume médio e junte-lhe os pedaços de costelinha. Tape o tacho e deixe a carne ganhar um pouco de cor, dando uma ou duas voltas para que não fique pegada ao fundo do tacho.
Junte-lhe a marinada e deixe cozinhar em lume médio durante cerca de 1 hora.
Vá vigiando o molho, acrescentando água ou vinho tinto se necessário.
Entretanto prepare o puré:
Tradicional:
Coza as batatas em água e sal.
Escorra e passe-as pelo passe-vite para o mesmo tacho.
Acrescente leite e manteiga a gosto, mexendo com a colher de pau até ter a consistência desejada.
Bimby:
Coloque a borboleta no copo.
Junte as batatas cortadas em cubos, o leite e sal a gosto. Programe: 90º/30 minutos/vel.1.
Verifique se a batata está cozida, acrescente a manteiga e triture 30 segundos/vel. 3 (normalmente uso mais tempo para que não fique grumo algum).

Notas: a batata que utilizei era um pouco dura e no fim estava ainda encruada. Programei mais 10 minutos/90º/vel 1 1/2. No fim, além de cozida, estava já quase em puré. Desde que tenho a bimby, não faço o puré da forma tradicional. Poupa-se tempo e acima de tudo loiça. O único senão é não ter aquela batata acabada de passar pelo passe-vite para comer.
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...