3 de novembro de 2010

Sardinhas Fritas numa espécie de escabeche



Foi este post da Mónica que me aguçou o apetite para um escabeche. Este foi confeccionado num desses dias de Verão em que nos sentamos preguiçosamente à mesa, ao ar livre, e absorvemos todas as gotas de luz que caem sobre o rosto ao sol. Desse calor já nem vê-lo. Almoçaradas no terraço serão até para o ano. Mas o escabeche ... porque não repeti-lo em jeito de lembrança desses dias e de espera pelos que hão-de voltar?

Ingredientes:
Sardinhas q.b.
1 cebola
1 dente de alho
1 pimento vermelho
1 folha de louro
Farinha de milho q.b.
Azeite e óleo q.b.
Vinagre q.b.
Sal q.b.

Preparação:
Utilizei sardinhas pequenas, mesmo ao jeito para fritar, que temperei de sal e embora o escabeche dispense esta operação, passei por farinha de milho e fritei numa mistura de azeite e óleo (para um verdadeiro escabeche não passe as sardinhas pela farinha e frite-as apenas em azeite, o qual há-de aproveitar para o passo seguinte). 
Reservei as sardinhas e preparei o molho de escabeche:
Parti a cebola em rodelas finas, o alho em lâminas e o pimento, limpo de sementes, em tiras.
Deitei um golpe generoso de azeite numa frigideira e em lume médio/brando fritei a cebola, juntamente com o alho, o pimento e a folha de louro, tendo o cuidado de não deixar queimar. 
Quando a cebola começou a amolecer juntei cerca de 1/8 de chávena de vinagre. Deixei levantar fervura e desliguei. 
Reguei as sardinhas com este molho e não resisti a comer uma ou duas. As restantes foram para o frigorífico, cobertas com película aderente e foram servidas como entrada no dia seguinte.

6 comentários:

Anónimo disse...

Este escabeche nunca fiz.
Costumo fazer um apenas com azeite cru, vinagre, alho e pimenta.
Depois do peixe frito, rega-se com uma mistura de vinagre e azeite. A experiência ditará a proporção.
Espalham-se umas lâminas de alho e tempera-se com pimenta.
Procura-se que o molho chegue a todo o peixe e vai-se regando de vez em quando.
Ornamenta-se com um ramo de salsa.
O escabeche fica melhor quanto mais tempo tiver, dentro de limites razoáveis.
Para mim o segredo está na quantidade de vinagre colocada, por forma a não ficar exageradamente avinagrado.
E há tanta variedade de peixes que se prestam a fazer um bom escabeche.

ZR

Maria José disse...

Sardinhas, gosto bastante e estas parecem apetitosas.

Bjinhos
Papinha Doce

Carla disse...

ZR,
Concordo quando diz que o segredo está na quantidade de vinagre, embora aí dite o gosto de cada um.
Abraços

Filipa disse...

Olá Carla! A cozinha tardicional sabe sempre bem, não achas? Seja Verão, seja Outono! Este ainda cheira tanto a Verão que suplica por escabeche! Concordo contigo....no tempero dita sempre o gosto de quem tempera! :) Um beijinho

Quitutes da Juju disse...

Adoro sardinhas! E a preparação mais gostosa na minha opinião é a escabeche, como você fez. Me deu agua na boca. bj

http://quitutesdajuju.blogspot.com

Carla disse...

Maria José,
Também gosto imenso de sardinhas. Têm um sabor inigualável, pena é as espinhas que me fazem desperdiçar tanto peixe. O meu prato fica uma vergonha LOL

Filipa,
De facto a nossa cozinha tradicional sabe tão bem, cheia de aromas e sabores tão ricos.

Juju,
se deu água na boca, toca a fazer um escabeche..

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...