15 de julho de 2012

Dorie às Sextas - Manjar Branco de Framboesa



Na dúvida entre participar neste desafio ou não, acabei por não conseguir resistir. O calor impôs-se e esta sobremesa fresca foi uma opção acertada. A partilha feita pelas Dories, que começaram a publicar as suas experiências na sexta-feira, foi determinante na resposta a algumas das dúvidas que tinha na elaboração da receita, nomeadamente no que dizia respeito à quantidade da gelatina requerida e que parecia muita. As 6 folhas de gelatina ou 10 gr. de gelatina em pó foram, de facto, suficientes.

Ingredientes:
1 1/2 chávena de natas espessas frias
3/4 de chávena de leite gordo
3/4 de chávena de amêndoa ralada (usei amêndoa granulada)
1/2 chávena de açúcar
35 gr. de gelatina em pó sem sabor (usei um pacote de gelatina em pó = 10 gr.)
3 colheres de sopa de água fria
2 colheres de chá de extracto de baunilha
1 chávena de framboesas (ou frutos silvestres sortidos ou outra fruta mole cortada em pedaços)
Coulis para servir (opcional)
Biscoitos de champagne q.b. (não faz parte da receita original)

Preparação:
Prepare uma forma redonda sem buraco (usei uma forma rectangular - ver abaixo).
Encha um recipiente grande com cubos de gelo e água fria e ponha sobre ela uma mais pequena que encaixe no banho de gelo (saltei esta parte).
Com uma batedeira bata as natas até que formem picos suaves. Refrigere enquanto prepara o resto da sobremesa.
Coloque o leite, a amêndoa e açúcar num tacho pequeno e leve a lume médio, até ferver, mexendo ocasionalmente para garantir que o açúcar se dissolve.
Entretanto, ponha a gelatina e a água fria num tacho pequeno ou num recipiente que possa ir ao microondas. Assim que a gelatina estiver mole e esponjosa aqueça no microondas durante 15 segundos, ou no fogão em lume baixo, para dissolver bem.
Misture a gelatina ao leite com amêndoa e retire a panela do lume.
Despeje o leite quente na vasilha sobre o banho de gelo. Misture a baunilha e continue a mexer até que a mistura esteja fria, mas ainda liquida. O leite não deve gelificar neste recipiente.
Quando estiver frio, usando uma espátula de silicone, envolva gentilmente as natas batidas e, de seguida as framboesas.
Transfira tudo, à colher, para uma forma e leve ao frigorífico até que solidifique - no mínimo durante 3horas, sendo preferível fazê-lo de um dia para o outro, tapando com película aderente.
Para desenformar, mergulhe a forma em água quente por 5 segundos, seque-a bem e inverta sobre um prato.
Sirva com coulis de fruta se desejar.



Versão Bimby (preciosa ajuda da Helena, do "Sabores de Canela". Obrigada Helena!):
Bata as natas com a borboleta na velocidade 3 1/2 (para natas com 35% de gordura o tempo é de 1 min e 10 segundos).
Retire para uma taça, raspe com a espátula e leve ao frio.
Retire a borboleta e, sem lavar o copo, deite a amêndoa, o açúcar e o leite e programe 6 minutos/velocidade 3/90º. 
Entretanto hidrate a gelatina e quando faltar um minuto para o final do tempo deite-a pelo bocal, aumento para a velocidade 5.
Junte o extracto e misture na velocidade 3.
Retire o copo para arrefecer e quando a mistura estiver morna leve ao frio por 20 a 30 minutos. Envolva as natas na mistura de leite e por fim as framboesas, que entretanto tinha descongelado e colocado sobre papel de cozinha para secarem. (Reservei algumas) Como utilizei uma forma rectangular, enquanto a mistura arrefecia forrei o seu interior com papel de aluminio e cobri o fundo com biscoitos de champagne. Cobri os biscoitos com a mistura, apenas o suficiente para os cobrir e levei ao congelador por 10 minutos para que a mistura solidificasse. Espalhei as framboesas que reservei sobre os biscoitos e de seguida:
Deite a mistura na forma e leve ao frio até solidificar, de preferência de um dia para o outro. Sirva com coulis:
150 gr. de framboesas (como 1 embalagem de framboesas congeladas utilizei as sobrantes e respectivo sumo)
50 gr. de açúcar
Deite os ingredientes no copo da bimby e programe varoma/5 min/ve. 2.
No fim triture 7 seg./vel. 5.
Coe usando um coador de rede fina e reserve.
Variações:
Pode glacear o topo com uma camada de geleia, se desejar. Seja qual for a escolhida, leve duas colheres de sopa ao lume com um bocadinho de água, até ferver. Com um pincel de pastelaria, faça uma camada fina sobre o bolo muito frio, antes de servir. se parecer que o bolo derreteu ligeiramente com a geleia, leve-o de novo ao frigorífico até servir. Pode também servir o blanc-manger numa base - o tradicional é um disco fino de bolo. mas pode também ser uma base totalmente cozinhada de tarte. se decidir fazer isto, faça o blanc-manger em camadas numa forma de mola, ponha uma camada de bolo ou tarte no fundo, o blanc-manger por cima e refrigere até estar firme.
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...