28 de outubro de 2011

Queques de tomate cereja, feta e mangericão



Foi a última ronda de tomate-cereja do verão. Já maduros q.b. a pedir uso quase imediato reservei uma quantidade generosa para as saladas e o restantes voltei a preparar deste modo* (mas sem ter ligado o forno pela segunda vez e usando folhas de manjericão frescas em vez dos oregãos). Alguns utilizei nestes queques e os restantes guardei, depois de escorrida toda a água que libertaram entretanto, num frasco cobertos de azeite (utilizei o azeite que sobrou do queijo feta) para usar em em pratos de massa ou saladas quentes.
Se estivessemos em pleno verão estes queques dariam um mote para um pic-nic, mas não havendo pic-nic nos dias de frio farão algumas das minhas marmitas. 


Para 12 unidades
 Ingredientes:
1 chávena de farinha
1 ovo
2/3 chávena de leite
1 colher de sopa de azeite (usei o da conserva de feta)
1 colher de chá de fermento em pó
100 gr. de tomate cereja no forno em metades
50 gr. de feta em azeite
20 gr. de folhas de manjericão**

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180º.
Reserve 1 metade de tomate cereja por cada queque.
Numa tigela bata o ovo com o leite.
Acrescente a farinha e o fermento misture bem.
Junte o azeite, volte a misturar e envolva o restante tomate, o queijo e as folhas de manjericão.
Distribua o preparado por forminhas de queques e coloque uma metade de tomate sobre cada um.
Leve a assar durante 20 minutos.
Retire do forno e sirva mornos ou frios para um lanche ajantarado acompanhados de salada a gosto.

* Quando publiquei esta preparação de tomate disse que os tomates iam ao forno com a parte cortada voltada para baixo - e foi assim que fiz das duas vezes. Não está correcto. Vão ao forno com parte cortada voltada para cima. É assim que está na publicação da Viciante. Provavelmente este erro explica o facto de nesta última rodada os tomatinhos continuarem a libertar imensa água mesmo depois de saírem do forno. Peço desculpa pelo lapso, já devidamente corrigido, resultado de uma leitura desatenta.

** O meu lindo vaso de manjericão foi atacado por 2 lagartas famintas. Para salvar o que pudesse cortei as hastes afectadas, descartei a folhas roídas e as restantes piquei (usei a bimby: juntei as folhas no copo com 500 gr. de água e triturei durante alguns segundos na velocidade 4) e distribui por cuvetes de gelo. Enchi as cuvetes com água e levei ao congelador. Agora quando precisar de mangericão é só descongelar os cubos de gelo.

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...