27 de agosto de 2011

Pudim de Verão, uma travessura e uma celebração fora do tempo




Este pudim de Verão foi publicado pela Mónica no Pratos e Travessas no dia 21 de Junho de 2011.  O solstício de Verão, que este ano se tem mostrado tão morno, foi assim assinalado com uma sobremesa que não podia ser mais simples, nem mais condizente com a estação que entrava. Marquei-a de imediato. Voltei a ela mais tarde quando quis procurar receitas publicadas nesse dia especifico e elegi-a de entre tantas outras.  É que o dia 21 de Junho, além de ser o dia mais longo do ano, o dia em que a luz se prolonga pelas horas da noite num convite a viver, é o dia do meu aniversário.

Quem me tem acompanhado já deu conta que nunca celebrei no blog o meu aniversário. Deixei-o passar sempre de mansinho e bem discreto. É que nos últimos anos tenho celebrado este dia fora de casa, sem ligações à internet e sem festas . Não por ter qualquer questão a resolver com a idade. Não é isso, bem pelo contrário. Tem simplesmente acontecido assim. Uma celebração intima, apenas.

Ora, mas quando um dia de Verão, já em Julho, pensava numa doçura para fazer resolvi procurar as receitas publicadas nesse dia. Um cesto de ameixas vermelhas em cima da minha mesa fez a ligação imediata ao Pratos e Travessas.


Utilizei unicamente as ameixas. Deliciosas, mas com um travo de acidez que eu tanto gosto e que nem todos gostam. Para cortar um pouco essa acidez acabei por fazer uma verdadeira travessura a esta sobremesa.



Cobri-a com alguns marshmallows cortados a meio e levei a tostar ao grill do microondas. Se à primeira colherada de pudim um certo nariz torceu um pouco, à segunda colherada, de pudim e marshmallow, esta taça convenceu.
Desculpa Mónica, pela travessura e desculpem-me os seguidores deste blogue por tão tardia celebração, mas este ano entrei nos "entas" e quatro décadas merecem celebração quando eu bem quiser e sempre que quiser e como hoje o blogue faz 2 anos, é hoje que quero celebrar.



Ingredientes:
Pão de forma
200 gr. de ameixas
50 gr. de açúcar (ou mais se as ameixas não forem muito doces)

Preparação:
Prepare as ameixas, lavando-as, retirando a pele e os caroços. Corte-as em pedaços pequenos.
Coloque-as num tachinho, cobertas com o açucar e deixe repousar por 15 minutos.
Leve o tacho a lume brando até a mistura começar a fervilhar. Aguarde 3 minutos e desligue.
Corte fatias bem finas de pão e retire a côdea.
Forre uma taça com as fatias de pão, comprimindo-as bem e tapando bem a base e paredes da taça, sem deixar nenhum espaço entre o pão.
Reserve 3 colheres de sopa da calda das ameixas para regar algum pedaço de pão fique branco.
Encha a taça com as ameixas cozidas, bem até cima, e tape com mais pão.
Coloque um prato com um peso sobre a taça e leve ao frigorífico de um dia para o outro


Versão Marmita:

Em vez de uma taça utilize pequenos frascos de compota (este tem uma capacidade para cerca de 90ml) e leve o Verão consigo na marmita.

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...