27 de janeiro de 2010

Robalo assado



Domingo é, por tradição, dia de assado - não há relógios a marcar o ponto, por isso há tempo para cozinhar e comer em descando. Um destes Domingos apeteciam umas douradas no forno, mas na falta delas optamos pelo robalo. E da banca da peixeira passou logo para a banca da cozinha para ser tratado em conformidade.

Na incisão da barriga coloquei uma folha de louro, uma rodela de limão, um dente de alho e uma rodela de chouriço. Temperei com sal.
Cubri o fundo da assadeira com cebola às rodelas e tomate aos gomos (sem as sementes). Pousei nesta mistura os robalos e reguei com uma mistura de uma colher de café de pimentão e vinho branco e azeite.
Levei ao forno pré-aquecido.
Entretanto lavei as batatinhas com casca e levei a cozer ligeiramente em água e sal. Só o suficiente para espetar a ponta da faca. Retirei-as, passei por água fria e pelei-as.
Entretanto já passou metade do tempo da assadura do peixe.
Juntei as batatas ao assado.
Ligue um pouco o grill para dourar as batatas, sempre com atenta ao peixe. Se for o caso de começar a tostar demais cubra o peixe com folha de aliminio.
E estava pronto a ir à mesa com a batatinha e arroz branco.


Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...