30 de março de 2015

Pêras bêbadas assadas




Posso dizer que esta edição do "Quinze dias com o chefe..." foi bastante rentável. Depois da sopa para entrada, do peru escalfado para o conduto, faltava a sobremesa. Como adoro pêras bêbadas e há muito tempo que as não servia, resolvi fazê-las para a sobremesa do Domingo de Ramos. A calda aromatizada com o louro deixou-me curiosa (usei só uma folha com receio que o aroma se sobrepusesse, mas da próxima arrisco mais um pouco) e o facto de as levar ao forno antes de servir era também original, embora no resultado final não me parecesse ser muito relevante. 


(Fonte: Annabel Langbein)
Ingredientes:
2 chávenas de açúcar ou 1 e 1/2 de açúcar+1/2 de mel sei 1 de açúcar+1/4 de mel)
3 chávenas de vinho tinto
2 paus de canela
4 folhas de louro (usei apenas 1)
1 vagem de baunilha
6 a 8 pêras, descascadas, mas com a haste
Crème fraiche (ou natas espessas ou iogurte grego natural) para servir



Preparação:
Escolha um tacho onde as pêras caibam de pé numa única camada.
Aqueça o açúcar e o vinho com o mel, a canela, o louro e a baunilha, mexendo até o açúcar se dissolver.
Se necessário, corte a base das peras para que se mantenham de pé.
Coloque as pêras no tacho, de forma a que as pêras fiquem o mais possível cobertas pelo vinho.
Deixe cozer, lentamente, por 30 minutos ou até as peras estarem tenras, virando ocasionalmente.
Retire do lume e deixe arrefecer, depois transfira as pêras e a calda para um recipiente tapado, deixando-as no frigorifico no minimo por 24horas ou até 3 dias, virando-as ocasionalmente para que fiquem com uma cor uniforme.
Retire as peras da calda e coloque-as num tabuleiro de forno, de bordas baixas.
Deite a calda num tacho, deixe levantar fervura em lume alto, reduza e deixe ferver durante cerca de 20 minutos ou até reduzir para metade e retire as especiarias.
Quando for a altura de servir as pêras, pré-aqueça o forno a 220º, pincele as peras abundantemente com o xarope formado pela calda e asse por 12 a 15 minutos.
Pincele-as novamente com o xarope quando as retirar do forno.
Distribua-as pelos pratos, regue com uma colher de sopa cheia do xarope  e acompanhe com crème fraiche ou outro acompanhamento a gosto (eu prefiro o iogurte grego não açucarado).
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...