1 de abril de 2015

Folar de carnes


Para esta edição do "Dia 1 na cozinha", as suas mentoras desafiam-nos a apresentar um folar de Páscoa. Doce ou salgado, mais ou menos típico, ou não. Ora, eu andava ansiosa por fazer um folar de carnes e com o ovo, que não mais que simboliza o renascer, sentimento este que é também o mote desta festa religiosa. 
Acabei por escolher seguir uma receita da revista "Bimby - Momentos de Partilha", embora lhe tenha dado outra aparência. A escolha revelou-se ser uma boa escolha, já que a massa ficou fantástica. Substituí parte da farinha de trigo comum por farinha de kamut, o que lhe deu uma cor mais rústica, só revelei alguma "azelhice" ao colocar o ovo, que acabou por se afundar na massa levedada.   

O que não conhecia era a história do "folar" que a Aida Filipa, a Isabel Fernandes e a Isabel Figueiredo Patricio  nos deram a conhecer e que tomo a liberdade de a transcrever aqui:


"Reza a lenda que, algures em Portugal, vivia Mariana, moça cuja única aspiração era casar. Com as suas rezas a Santa Catarina logo lhe acudiram dois pretendentes: um jovem fidalgo e um pobre lavrador. Depois do auxílio divino, Mariana escolheu o pobre lavrador.
Na véspera do Domingo de Páscoa, porém, orava ainda atormentada com a ideia de que o fidalgo apareceria no dia do matrimónio para executar o seu noivo e por isso, no dia de Páscoa, levou uma coroa de flores ao altar de Santa Catarina pedindo clemência. Chegada a casa tinha um bolo com ovos inteiros, rodeado com as flores que havia posto no altar naquela manhã. Mais tarde, descobrira que também o jovem fidalgo e o pobre lavrador o tinham recebido. Obra de Santa Catarina, segundo ela, como forma de acabar com as disputas."
Este bolo chamava-se "folore" e tornou-se no simbolo de paz e reconciliação, exaltando "a amizade entre amigos, familiares e vizinhos reunidos à mesa em tempo Pascal".



Boa Páscoa!!

(Fonte: Bimby Momentos de Partilha - Abril 2014)
Ingredientes:
100 ml de água
50 gr. de manteiga à temperatura ambiente
50 gr. de açúcar
20 ml de azeite
1 cubo de fermento de padeiro fresco
160 gr. de farinha de trigo T55
150 gr. de farinha de Kamut (MyProtein)
2 ovos
1/2 colher de chá de sal
Paio, chourição e presunto a gosto



Preparação:
Coza 1 dos ovos e reserve.
No copo da Bimby coloque a água, o azeite, a manteiga, o açúcar e o fermento e programe 2 minutos/37º/vel. 1.
Junte as farinhas, o ovo restante e o sal e amasse 2 min/vel. espiga.
Transfira a massa para uma taça, cubra com um pano e deixe levedar por 50 minutos num local morno ou até a massa dobrar de volume.
Unte o fundo de uma forma redonda com azeite ou óleo, cubra com uma rodela de papel vegetal e unte o papel. Reserve.
Estenda amassa em forma de rectângulo numa superfície enfarinhada, reservado cerca de 50 gr. para enfeitar no fim.
Espalhe as carnes pela massa, mesmo até ás extremidades do lado mais curto. Enrole como se fosse uma torta e feche em circulo. Transfira para a forma.
Coloque o ovo no centro do folar e enfeite com rolinhos da massa que reservou.
Pincele com uma gema de ovo batida (ou com leite, mas fica menos brilhante).
Deixe descansar por 15 minutos e leve a assar por 40 minutos em forno pré aquecido a 200º.






Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...