segunda-feira, 21 de Janeiro de 2013

Creme de aipo e feijão vermelho



Ingredientes:
1/3 de chávena de feijão vermelho (em cru ou ligeiramente cozido se usar a bimby / previamente cozido no modo tradicional)*
1 cabeça de aipo (só os talos)
1 cenoura
1 cebola
1 dente de alho
1 litro de caldo de legumes ou água
Azeite q.b.
Sal q.b.

Preparação:
Bimby:
Coloque o feijão seco no copo da bimby e triture 20 seg./vel.9.
Acrescente 1 litro de água ou caldo de legumes, o alho esmagado e os legumes cortados em pedaços pequenos, reservando um talo de aipo.
Tempere de sal e programe 25 min./varoma/colher inversa/vel. 1.
Entretanto, corte o talo de aipo reservado em pedaços pequenos e salteie levemente em azeite.
Quando a bimby terminar de cozer os legumes, triture-os durante 1 minuto e meio, progressivamente, nas velocidades 3-5-7-9.
Verifique a consistência do creme, acrescentando caldo ou água quente, se necessário, e rectifique o tempero.
Acrescente um fio de azeite e sirva com o aipo salteado.

Tradicional:
Deite um fio de azeite na panela e acrescente a cebola, a cenoura e o aipo (a que retirou previamente os filamentos, ou pelo menos grande parte deles) partidos em pedaços pequenos,  reservando um talo pequeno.
Refogue em lume médio até os legumes amolecerem.
Acrescente o dente de alho esmagado e o feijão, cubra com o caldo de lumes ou água, tempere de sal e leve a cozer em lume médio/forte até os legumes estarem cozidos.
Entretanto corte o talo de aipo reservado em pedaços pequenos e salteie levemente em azeite.
Assim que os legumes estiverem cozidos, triture com a varinha mágica (pode ter necessidade de passar o creme por um passador para retirar os filamentos do aipo que tenham ficado na sopa) e verifique a consistência do creme, acrescentando mais caldo ou água quente se necessário, e rectifique o tempero.
Acrescente um fio de azeite e sirva com o aipo salteado.

*De vez em quando compro a granel o feijão ou outras leguminosas secas (cerca de 200 gr. são suficientes para o uso que lhes dou) e cozo-as na panela de pressão durante o tempo necessário para que fiquem ainda um pouco duros e depois acabo a cozedura no prato em que os pretendo utilizar. Para quem costume sentir os habituais efeitos do feijão rejeite a água da primeira cozedura e pode também usar a dica da minha amiga O.: demolhe o feijão juntamente com alga kombu (se tiver problemas de tiróide aconselhe-se previamente com o seu médico).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...