5 de janeiro de 2013

As primeiras marmitas de 2013 - Semana 1


Lanche da manhã
Almoço
Lanche da tarde
Quarta-feira
1 maçã + 1 fatia de pão de mistura
Sopa de cenoura e feijão-verde  +  Quinoa com legumes assados e requeijão
1º – 1 tangerina e 1 iogurte natural
2º - Chá + 1 fatia de pão de mistura
Quinta-feira
½ banana + 1 fatia de pão de mistura
Sopa de cenoura e feijão-verde  +  Ovos “mexidos” com legumes assados
1º – 1 tangerina e 1 iogurte natural
2º - Chá + 1 fatia de pão de Bolo-Rei
Sexta-feira
1 maçã + 1 fatia de pão de mistura
Sopa de abóbora com quinoa, brócolos e tomate +
Cabrito assado e grelos salteados
1º – 1 tangerina e 1 iogurte natural
2º - Chá + 1 fatia de pão de mistura


Depois de uma semana em que praticamente não se cozinhou, começo o ano com um novo tabuleiro de legumes e assados e muitas ideias quanto ao que podemos fazer com eles. A semana de trabalho ficou reduzida a três dias e o objectivo é descansar das iguarias tentadoras que rechearam a mesa durante duas semanas. Consegui manter-me nesse espirito durante 2 dias, mas aquele fim de cabrito que estava no frigorifico acabou por me tentar.
Ao forno foi um tabuleiro com alho francês (só a parte branca) cortado em pedaços de cerca de 3 cm, 1 curgete e 1 nabo cortados em cubos médios, 1 cenoura às rodelas e 1 pimento vermelho em tiras, 2 dentes de alho esmagados, 1 talo de alecrim e um fio de azeite, tudo bem misturado. Cobre-se o tabuleiro com papel de alumínio e vai ao forno a 180º durante 40 minutos a 1 hora, destapando nos últimos 15 minutos para dourarem os legumes. Depois de frios retiram-se para um recipiente com tampa, evitando o azeite que fica no fundo do tabuleiro e guarda-se no frigorifico. Serve 2 a 3 refeições dependendo do que acompanharem.
Aproveitei o forno para assar também um pedaço de abóbora, com casca, a que fiz uns golpes em cruz e pelas cortes espalhei alho picado e alecrim, regando com azeite. Esta abóbora estava congelada com a casca (em fatias obviamente e unicamente por preguiça, porque costumo congelar a abóbora sem a casca e já cortada em cubos) e se for assada torna-se muito fácil retirar toda a polpa, é só raspar com uma colher. Fez uma sopa deliciosa. Pelo meio ainda umas doçarias a estragar o equilíbrio … enfim!
Então cá vai a ementa:
Quarta-feira – bulgur com legumes assados e requeijão. Os legumes estão temperados e têm ainda a gordura do azeite, por isso a marmita dispensa outros temperos. Pode comer-se fria ou quente. Quinta-feira – os legumes foram à sertã anti-aderente, aproveitando mais uma vez o azeite que agarraram e que permitiu não juntar qualquer outra gordura. Deixei-os secar um pouco em lume médio-alto a acrescentei dois ovos batidos. Envolvi, nem fritata, nem omeleta, mas uma espécie de ovos escangalhados. Sexta-feira – lá estava o restinho do cabrito e dos grelos que fazem a minha perdição, não podia  desperdiçar.

Sopas da semana: sopa de feijão verde e cenoura e uma sopa de abóbora com quinoa, brócolos e tomate de que hei-de falar mais tarde no blogue. Lanches: fruta, pão de mistura, uma ou outra doçaria de Festa e iogurtes naturais.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...