29 de novembro de 2012

Ondas de conforto



Confort food. Comida de conforto. Comida que conforta. Comida que nasce do coração, das memórias, da entrega aos ingredientes. Do carinho com que se cozinha enquanto pensamos na satisfação de quem vamos servir.
A comida de conforto que na nossa infância ou, ás vezes, mais tarde. Das memórias que lhes associamos. É o conforto da casa e da família, do lugar e das pessoas que nos protegem contra o desconhecido do mundo. O conforto das mãos que cozinham para nós, porque a comida dá alento e é uma dádiva de amor. Sabores e aromas que já vieram de outras mãos, de outros tempos passados e que irão passar para as nossas mãos e para um tempo que um dia foi futuro, mas que hoje é presente.

Sugestão: este estufado merece ser confeccionado num tacho de barro. Era assim que o fazia originalmente , mas as modernidades fizeram entrar na minha cozinha um fogão de indução e o tacho de barro foi posto de lado. De qualquer modo, sempre podem iniciá-lo no tacho "normal" e na hora de acrescentar os últimos ingredientes transferi-lo para um tacho de barro a acabar de cozinhar no forno pré-aquecido a 220º.

Ingredientes:
4 costeletas de porco
1 cebola
2 dentes de alho
1 ponta de malagueta
1 folha de louro
1/4 de chouriço de carne
1 cenoura
200 gr. couve de bruxelas
1/2 chávena de ervilhas congeladas
200 gr. de castanhas cozidas e peladas (pode usar congeladas)
1 copo de vinho branco
2 colheres de sopa de polpa de tomate
Azeite q.b.
Sal q.b.



Preparação:
Num tacho deite um fio de azeite a cebola em meias luas, o alho picado, o chouriço às rodelas, a folha de louro e a malagueta.
Deixe refogar durante alguns minutes em lume médio até a cebola estar translúcida.
Acrescente as costeletas e deixe-as ganhar cor, virando-as para que corem de ambos os lados.
Mexa de vez em quando com a colher de pau para que a cebola não pegue.
Junte a cenoura cortada em rodelas grossas e as couves de bruxelas e regue com o vinho.
Tempere de sal e deixe cozinhar em lume forte até começar a ferver, reduzindo para lume médio/brando.
Vigie o molho e junte água quente se começar a secar.
Quando a carne estiver tenra acrescente as ervilhas e as castanhas e deixe cozer por mais 15 minutos, sensivelmente.
Mais uma vez tenha atenção ao molho, este prato quer-se "ensopado".
Quando estiver pronto, rectifique o sal e sirva em travessa de barro acompanhado de fatias de pão torrado.
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...