9 de novembro de 2012

Uma salada morna para a marmita



O blogue tem andando a meio gás, mas não é por falta de receitas para partilhar. Tenho até uma mão cheia de posts em preparação, só me tem faltado alguma inspiração e algum tempo para me dedicar ao blogue com toda a atenção que me merece e que me merecem os meus leitores.
Entretanto a cozinha  mantém-se em pleno, seja em refeições mais cuidadas de fim-de-semana, seja nas refeições práticas do dia-a-dia e na preparação das minhas queridas marmitas e hoje, para quebrar este meio silêncio a que tenho votado o blogue, deixo precisamente uma sugestão de marmita.

Como tenho a oportunidade de aquecer as refeições no local de trabalho, opto, nestes dias mais frios, por pratos mais reconfortantes. Além da sopa (seja Verão ou Inverno) levo muitas vezes por saladas mornas e um dos ingredientes que tem feito as minhas delicias são as folhas dos brócolos, por isso na hora de comprar escolho os que trazem mais folhagem (a rama das beterrabas é também deliciosa).
Esta marmita foi também um reaproveitamento de um peito de frango grelhado - frango de churrasco do jantar desse mesmo dia. Os caules e folhas de brócolos foram previamente cozidos ao vapor, juntamente com os floretes de brócolos. Se apenas usar as folhas não tem que as cozer, apenas saltear até murcharem,
Para preparar os caules, retire-lhes todas as pequenas ramificações e com uma faca "descasque" o exterior, retirando toda a parte fibrosa. Pode cozê-los até ficarem macios ou cortá-los às rodelas para saltear. Uma vez que tínhamos assado castanhas, juntei algumas a este salteado, dai o nome:

Salada morna de S. Martinho

Ingredientes (em quantidades q.b.):
Caules e folhas  de brócolos cozidos ao vapor
Tomate-cereja
Castanhas assadas
1 peito de frango grelhado
Becel liquida

Preparação:
Corte os caules dos brócolos em rodelas grossas e reserve.
Desfie o frango e reserve.
Leve uma frigideira ao lume com uma colher de sopa de Becel liquida e assim que estiver quente junte os caules dos brócolos e deixe alourar em lume médio.
Acrescente, de seguida, o tomate-cereja inteiro e as folhas de brócolos, envolva e deixe cozinhar, mexendo de vez em quando, até a pele do tomate começar a abrir.
Acrescente, então, os frango e as castanhas e deixe cozinhar por mais 1 minuto.
Retire do lume, deixe arrefecer e transfira para a marmita.


A Becel foi-me gentilmente enviada pela Becel.
Sou um pouco purista na escolha dos meus ingredientes (não só, mas também por culpa de Michael Pollan), no sentido de preferir os que não tenham sofrido grandes processos de transformação, por isso utilizo, regra geral, o azeite em vez do óleo e outras margarinas e gorduras, mas não sou fundamentalista, por isso gostei de experimentar esta alternativa. Tive apenas um pouco de dificuldade em dosear a quantidade a usar, mas ultrapassado esse contratempo o resultado foi bom. A gordura não queimou durante a confecção dos alimentos e conferiu-lhes um sabor agradável.
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...