1 de maio de 2014

Dia 1 na Cozinha e o Pão / Day 1 in Kitchen and Bread



Mais um Dia 1 na Cozinha com um dos meus temas predilectos: pão. O alimento primordial, o mais básico e, ainda assim, o indispensável em cada mesa. O fabrico do pão é um milagre de alquimia, se assim o poderei dizer: água, farinha e fermento. Simples? Nem sempre, há ciência no amassar e espera de levedação, mas hoje, além da preciosa ajuda da maquinaria, conhecem-se tantas receitas deliciosas que não requerem o tempo e trabalho de amassar o pão, acto que já foi para mim um momento de descontração, mas hoje confesso que prefiro que me facilitem a vida. Para este Dia 1 na Cozinha escolhi um pão pitta temperado pela combinação infalivel do tomate e oregãos. Será perfeito para sanduiches.


Pão Pitta com tomate seco e oregãos
Ingredientes:
250 ml de água
1 colher de sopa de azeite
1 colher de chá de sal
1/2 colher de chá de cominhos em pó
375 gr de farinha T65 Espiga
1 colher de chá de açúcar
1 colher de chá de fermento biológico seco
40 gr de tomate seco picado
1 mão cheia de folhas de oregãos frescas picadas

Preparação:
Coloque os ingredientes na cuba da MFP segundo o manual, juntando o tomate e os oregãos quando ouvir o sinal sonoro.
Programe "amassar".
Findo o programa transfira a massa para uma superfície enfarinhada e corte-a em 8 pedaços iguais.
Estenda cada pedaço numa oval com cerca de 15cm de comprimento.
Disponha os pães numa camada única num pano de loiça limpo bem polvilhado com farinha.
Tape, sem apertar, com um segundo pano de cozinha limpo e deixe levedar por 30 minutos.
Ponha um tabuleiro polvilhado com farinha no forno pré-aquecido a 230º e deixe aquecer durante 5 minutos.
Passe metade dos pães para o tabuleiro e coza-os durante 5 ou 6 minutos, até começarem a ganhar cor.
Retire do forno e deixe arrefecer numa rede enquanto coze os restantes.
Embrulhe os pittas ainda mornos num pano de cozinha para os manter macios até à hora de servir. Se arrefecerem demais aqueça-os no forno quente.



In English:
One more Day 1 in the Kitchen with one of my favourite themes from all times: bread. The prime food, the most basic and, yet, indispensable in each meal. The breadmaking is a miracle of alchemy, if I can say so: water, flour and yest. Simple? Not allways, there is cience in the knead and rising, but today, besides the precious help from kitchen machinery, there are known so many recipes that don`t ask for the time and kneading, action that once meant to me a relaxation moment, but now I confess I rather to facilitate my life. For this  Day 1 in the kitchen I chose a pitta bread seasoned by the unbeatable combination of tomato and oregano. It will be perfect for sandwiches.

Pitta bread with dried tomato and oregano
Ingredients:
250 ml water
1 tablespoon olive oil
1 teaspoon salt
1/2 teaspoon cumin powder
375 gr all purpose flour
1 teaspoon sugar
1 teaspoon dried yeast
40 gr de dried tomato finely, chopped
1 handfull fresh oregano leaves, chopped

Preparation:
Place all the ingredients in the bread machine according to manual specifications, adding the dried tomato and oregano leaves when you ear the beep.
Program for "dough".
When it`s over, place the dough into a floured surface and divide in 8 equal pieces.
Shape eac piece in an oval with about 15 cm long (5/6 inches).
Place the breads in a single layer over a clean kitchen towel well floured.
Cover, loosely, with a second clean towel and let rise for 30 minutes.
Put a floured baking tray in the pre-heat oven to 203º/450ºF and let it heat for 5 minutes.
Place half the breads in the tray and bake for 5 or 6 minutes until begin to brown.
Take from the oven to a cooling rack while bake the remaining breads.
Cover the pittas still warm in a kitchen towel to keep them soft until serving time. If they cool heat them in a warm oven.


Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...