24 de julho de 2013

Dorie às sextas - Honey Peach Ice Cream



O prometido é devido elá consegui tirar uns minutos para preparar trazer este gelado da Dorie.
Com este desafio caí na tentação de comprar uma máquina de gelados. Básica que chegue para me deixar na dúvida se estava a trabalhar bem ou não, mas como o resultado final foi apresentável não me posso queixar. Com o tempo compreenderei melhor o seu funcionamento. Um dos alertas da máquina era que não se deveriam utilizar bebidas alcoólicas como ingrediente, uma vez que o álcool impedia a congelação, ainda assim fui teimosa e em vez da baunilha usei um extracto caseiro (vagens de baunilha guardadas em vodka) e a verdade que o gelado congelou e até ficou suficientemente consistente para, depois de uma semana no congelador, se retirar à colher.
Quanto à receita: como não aprecio muito o mel substitui-o por açúcar mascavado, usando apenas um pouco no praliné de amêndoas que acrescentei porque utilizei amêndoas em mel.
Os pedacinhos de pêssego do final são, a meu ver perfeitamente dispensáveis. Os gelados de fruta não são os meus preferidos, mas servem sempre para fazer deliciosos batidos nos dias de calor.

(receita traduzida pela Maria Papitas)
Ingredientes:
4 pêssegos maduros
1/4 de chávena de mel (substituí por açúcar mascavado)
1 chávena de leite gordo (usei meio gordo)
1 chávena de natas
3 gemas de ovo grandes
1/2 chávena de açúcar
2 colheres de chá de baunilha (usei 1 colher de chá de extracto de baunilha)

O meu toque para este gelado:
Praliné:
1/2 chávena de açúcar
1/4 de chávena de amêndoas em mel, laminadas



Preparação:
Corte 2 pêssegos em pedaços pequenos e coloque-os num tachinho. junte o açúcar (ou o mel) e leve ao lume até ferver. Nesse momento baixe o lume, tape o tacho e deixe amaciar a fruta cerca de 10 minutos.
Coloque o preparado no liquidificador ou robot de cozinha e reduza a puré. Reserve.
Misture o leite e as natas e leve ao lume até levantar fervura.
Mistura as gemas com o açúcar numa tigela retrataria e mexa com a vara de arames.
Verta lentamente a mistura de leite e natas, ainda quente, sobre os ovos mexendo sempre para que as gemas não talhem. Comece por deitar metade do liquido, mexa e só depois junte a restante metade, sempre muito lentamente.
Transfira a mistura para uma panelinha e leve ao lume, mexendo sempre até engrossar.
Volte a deitar a mistura numa tigela refractária e adicione a baunilha e o puré de pêssego. leve ao frigorífico até estar bastante frio e, então, verta-o para a cuba da máquina de gelados e siga as instruções do fabricante.
parta os restantes pêssegos em cubos pequeninos e junte ao gelado quando já estiver com uma consistência espessa.
Quando o gelado estiver pronto na máquina leve ao congelador por mais 2 horas, numa caixa fechada até se poder retirar com uma colher.

Praliné:
Leve o açúcar a lume médio num tacho pequeno até obter o ponto de caramelo.
unte as amêndoas e envolva.
Espalhe a mistura sobre um prato forrado com papel vegetal e leve ao frigorífico até endurecer.
Deite no robot de cozinha e triture. Guarde no frio até precisar de utilizar. Para isso use um garfo ou uma colher e não as mãos que vão aquecer a mistura, acabando por a "amassar".

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...