9 de julho de 2013

Até parece uma "loira" fresca

Eu gosto das cervejas, ditas "loiras" (e das "morenas" também), com uma bela gravata de espuma. Sem exageros, claro, mas não há nada mais desconsolado que uma cerveja com uma frisosinho de espuma no topo do copo, em vez daqueles dois dedos bem encorpados.
Vem a conversa da cerveja a propósito do calor que nos brindou este fim-de-semana. Não, não passei as tardes numa esplanada a beber "loiras" e a comer tremoços e amendoins, até porque é sabido que com este calor devemos evitar bebidas alcoólicas, mas vem a propósito de um batido refrescante que teimou em travestir-se para a fotografia. Enquanto preparava a foto, o chá começou a separar-se do sumo da meloa formando uma capa de espuma espessa a lembrar uma cerveja, uma dessas "loiras" só que não o era.


Ingredientes:
1 meloa gália
200 ml de chá de cidreira frio
2 cubos de gelo



Preparação:
Tradicional:
Coloque todos os ingredientes no copo misturador e misture á velocidade máxima durante 30 segundos.
Distribua pelos copos.
Bimby:
Coloque todos os ingredientes no copo e misture na velocidade 9 durante 30 segundos, dando 2 golpes de turbo no fim.
Distribua pelos copos.
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...