31 de julho de 2015

Projeto Marmita - Menus de 27 a 31 de Julho

Esta foi a semana mais monótona de sempre no que toca a marmitas. Continuo a dieta por mais uns dias. Só tem faltado a sopinha branca. Se é fácil marmitar e precisar de fazer uma dieta assim, destas quase médicas? Pois, na verdade até pode ser bem mais fácil do que preparar uma salada, a questão é que a disposição para o fazer é bem diferente. Ora, então não me digam que não é mais fácil resumir o almoço a carnes brancas grelhadas ou cozidas (frango, peru e coelho) acompanhadas de arroz ou uma massa cozida sem adição de qualquer gordura (batata cozida aquecida...não me parece) e juntar uma cenoura ou uma couve branca que não pode ser salteada, nem estufada, nem nada que se pareça, apenas cozida e reduzir a fruta a pêras e maçãs, cruas ou, de preferência....cozidas. É facílimo e aborrecido, mas seja por bem da saúde que não tarda nada estou de volta aos meus menus.
O que mais me tem estado a fazer falta são os pequenos-almoços ricos com iogurte, fruta e granola, mas tenho alternado entre o chá e torrada seca e a papa de aveia com maçã de cozida, aproveitando a água da fruta (a que junto apenas uma colher de chá de açúcar mascavado) para cozinhar a aveia.
A marmita que falta foi em dia de ida à médica e a alternativa possível (uma das possíveis) num centro comercial passou por um hamburguer grelhado bem passado com arroz (nada de saladas, nem de roubar batatas fritas do prato do D., nem limonadas).


1 - Sopa "branca" + Bife de frango grelhado com arroz e feijão verde cozido
2 - Sopa branca + Frango grelhado com esparguete
3 - Sopa com cenoura e feijão verde + frango grelhado + legume cozidos e arroz
4 - Sopa de cenoura e feijão verde + Tentáculo de pota cozido com esmagada de couve-flor e cenoura

E se eu não estivesse de dieta? havia de trazer uma salada assim, ou compor com ela uma salada nova e vibrante:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...