20 de junho de 2014

Strudel de abóbora, feta e chutney de pêssego


Há receitas que vamos adiando por as achamos difíceis, que não são para nós, para a nossa paciência, para a nossa técnica. Depois, um dia, desafiam-nos a experimentar e damos por nós a ultrapassar barreiras e a sentirmo-nos felizes: uau, consegui fazer uma massa de strudel! A questão é se haverá uma segunda vez. Não sei. Para já basta-me saber que sei, que sou capaz, mas que haverá um segundo strudel, isso sim, porque da massa que fiz sobrou o suficiente para um strudel pequeno, que na altura congelei, já esticada e enrolada em papel vegetal. Deixei-a descongelar na prateleira inferior do frigorifico de um dia para o outro e recheei-a com outros sabores:
- a abóbora manteiga assada: como sabem, à conta das marmitas, ao fim-de-semana gosto de adiantar algumas refeições ou, pelo menos, alguns ingredientes. Entre legumes cozidos, salteados e assados, faço muitas vezes a abóbora manteiga no forno, partida a meio e temperada com sal, alho, azeite e as ervas aromáticas disponíveis. Fica, assim, adiantada uma salada morna com quinoa ou massa, ou uma sopa ou .... um strudel;
- o queijo feta que conservo em azeite aromatizado e vou usando como substituto da carne ou do peixe quando me apetecem refeições mais leves; e
- o chutney. Adoro fazer conservas, compotas e chutneys. Este é já antigo, embora ainda não o tivesse publicado aqui. Acabou com esta receita, por isso não podia deixar passar a ocasião.

E como a Mary estava tão triste com as poucas participações na sua festa do 5º Aniversário do blogue "O Meu Refúgio Culinário", resolvi abrir uma brechazinha na minha agenda e vou comparecer à festa com este strudel delicioso. Parabéns Mary pelos 5 saborosos aniversários!



Ingredientes:
Massa para strudel (usei a massa que sobrou deste strudel que tinha congelado) ou folhas de massa filo
1/2 abóbora manteiga assada cortada em cubos pequenos
1/8 de chávena de queijo feta em cubos
Manteiga derretida q.b. para pincelar a massa.
Chutney  de pêssego (fonte: "O Livro de Pantagruel"):
450 gr de pêssegos fatiados
50 gr. de açúcar amarelo
11 corintos ou uvas passas douradas
75 gr de maçã descascada
75 gr de cebola cortada em fatias finas
1 e 1/2 dl vinagre branco
Sal q.b.
4 gr de cravinho em pó
2 gr mal pesadas de gengibre em pó
1 col chá mal cheia de pimenta da Jamaica
10 sementes de cardamomo pisadas
Raspas de noz moscada q.b.
Pimenta de caiena q.b.
Canela q.b.

Preparação:
O Chutney:
No dia anterior amorne o vinagre num tacho e coloque nele de molho os corintos ou uvas passas.
No dia seguinte coloque o tacho ao lume, junte as cebolas e deixe fervilhar em lume brando, tapadas, até cozerem.
Junte os pêssegos e as maçãs e deixe ferver lentamente, tapado, até cozer.
Acrescente os restantes ingredientes e deixe ferver até engrossar um pouco, mexendo com a colher de pau.
Transfira o preparado para frascos esterilizados e guarde. O chutney ganha em sabor com o passar do tempo. Depois de aberto o frasco, guarde no frigorifico.
O Strudel:
Pré-aqueça o forno a 180º.
Pincele a massa com manteiga derretida, espalhe uma camada de chutney e distribua a abóbora e o queijo feta , ao longo da massa, no sentido do comprimento, deixando uma borda livre nas margens.
Volte as bordas do sentido da largura sobre o recheio.
Comece a enrolar o strudel com a ajuda de um pano, sem apertar muito.
Transfira o strudel para um tabuleiro untado e pincele com mais manteiga.
Leve a assar durante 30 a 40 minutos ou até a massa estar dourada, pincelando mais 3 vezes com manteiga durante a cozedura.
Retire do forno e deixe arrefecer.



***
Tempo de preparação: 40 minutos + 30 minutos no forno
Dificuldade: Média
Vegetariano: não
Para crianças: sim
Ingrediente Principal: carne 
Nº de doses: 6
Prato: prato principal
Marmita: sim  - Pode ser congelada em fatias embrulhadas em pelicula aderente.


Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...