19 de janeiro de 2016

Papas de trigo sarraceno



Mais uma vez o começar do dia: desta vez o ingrediente escolhido é o trigo sarraceno, que, na verdade, não é trigo.
O trigo sarraceno, ao contrário do que o nome indica, não é um cereal, mas uma semente de um fruto da familia do ruibarbo. Não contém gluten, é rico em fibra e magnésio e é uma boa fonte de energia, o que faz dele um aliado no tempo frio. Embora este ingrediente não seja novidade para mim, não tem tido, até à data, uma presença assídua na minha despensa, a não ser em forma da farinha que dá um sabor único e delicioso ao pão, já os grãos têm um sabor peculiar, cheio de personalidade, mas que nem sempre se aprecia à primeira garfada. Claro, que sendo prático de preparar acaba por ser uma boa opção para as marmitas. Voltando atrás: digo que o trigo sarraceno não tem sido presença assídua na minha despensa até à data por uma razão muito simples: é que depois de experimentar as papas de trigo sarraceno vou passar a ter sempre um pacote no armário.

Podem optar por simplesmente cozer o trigo e servi-lo assim, fica igualmente bom e com mais consistência, mas nada parecido com as papas de aveia. Se quiserem uma consistência mais cremosa podem, depois de o tostar, triturar num robot de cozinha, moinho de café ou na "1,2,3" de forma a partirem parte dos grãos, passando a ter metade em grãos inteiros, ou quase, e outra metade em grãos moidos. Mais simples ainda: demolhem os grãos durante a noite, passem por água abundante e triturem acrescentando mel ou outro adoçante liquido, especiarias a gosto e água ou chá ou leite até obterem uma papa cremosa e está pronto a servir. Como não dispenso um pequeno-almoço quente, fiz ao contrário: cozinhei e só depois triturei. Podem fazer uma dose suficiente para 2 a 3 dias e guardar no frigorífico. Depois é só acrescentar um pouco mais de liquido enquanto aquecem e servir com as companhias preferidas. Eu adoro acrescentar fruta cozida e canela.



Ingredientes:
1 chávena de trigo sarraceno
2 chávenas de água ou chá ou leite (animal ou vegetal) + q.b. para triturar
1 casca de limão
1 pau de canela

Sugestões para servir:
1/2 chávena de frutos vermelhos assados com canela e mel
Banana, canela, mel e granola
Maçã, canela e passas
Pêra, gengibre e noz moscada
Sementes e frutos secos
Granola
Iogurte natural


Preparação:
De preferência demolhe o trigo sarraceno durante a noite em água abundante ou, pelo menos durante 1 hora.*
Coe toda a água e passe por água corrente, lavando-o muito bem.
Coloque os grãos num tacho e toste ligeiramente.
Acrescente o liquido, a casca de limão e o pau de canela.
Deixe levantar fervura, mexa e reduza o lume para o mínimo e deixe cozinhar, até os grãos absorverem todo o liquido.
Retire a casca de limão e o pau de canela, deixe arrefecer um pouco e verta para o liquidificador ou robot de cozinha e triture, acrescentando mais um pouco de liquido se necessário, até obter a consistência de uma papa.

*Demolhar os grãos ativa as enzimas neles existentes, o que é benéfico para nossa digestão.
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...