6 de janeiro de 2016

Do começar

Não, não vou falar do começar de um Novo Ano que, definitivamente, não estou em maré de balanços, mas antes do começar do dia e, já estão mesmo a ver, da primeira e mais importante refeição: o pequeno-almoço. É nesta refeição que me tenho concentrado nos últimos tempos e experimentado novos ingredientes e novas formas de os apresentar, como é o caso do millet e do trigo sarraceno, de que vos falarei mais tarde.

A minha relação com o pequeno-almoço nem sempre foi uma relação feliz. Foi muitas vezes uma relação insípida e desinteressada, especialmente durante a minha infância e juventude em que fui menina muito esquisita no comer. Por isso o meu pequeno-almoço preferido durante parte da minha meninice foi (espantem-se!) pão com manteiga e um copo de água! Detestava café com leite, de tal modo que hoje nem uma meia de leite consigo tomar. Leite simples nem vê-lo, mas com chocolate já era outra história e numa fase mais tardia da minha vida a primeira refeição diária era o pão torrado com manteiga e uma caneca de leite com chocolate. Queijo e fiambre nem vê-los. Fruta, até há uns anos atrás era reservada aos lanches. Felizmente, hoje tudo mudou e o meu pequeno-almoço é um festim. A fruta está sempre presente e os hidratos aparecem na forma de aveia ou outros cereais. Embora não beba leite de vaca, não prescindi completamente dos iogurtes, mas vou usando algumas bebidas vegetais que preparo no fim-de-semana e há sempre um toque especial dado pelas especiarias.

Então para este inicio de ano ficam algumas sugestões de pequenos-almoços simples e cheios de sabor para arrebatar o dia logo pela manhã:





Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...