8 de julho de 2014

Quinze dias com António Carluccio: Panzanella


Quinze dias com o chefe Antonio Carluccio. Um chefe que desconhecia. Apaixonado por cogumelos, cozinha regional italiana e pelos seus vinhos. Dedicou-se à restauração durante dez anos em Londres, mantendo a sua ligação à área através da criação de menus e da formação culinária. Escreveu diversos livros, o primeior em 1983 que coincidiu com uma presença na BBC onde falou sobre a tão afamada gastronomia mediterrânica. Os seus pratos são simples, muito simples e pela descrição das receitas saborosissimos. Comecei por preparar esta leve salada de pão e tomate, dois ingredientes que adoro e ainda por cima polvilhados com os oregãos da minha pequena horta. Diz Carluccio que esta salada deve ser acompanhada de um vinho branco fresco, mas eu dei-lhe as voltas e fiz apenas uma fatia para acompanhar a minha sopa de Domingo à noite.
Como não tinha pão de granary (farinha que já tentei encontrar, mas nunca consegui), usei um pão rústico.


(Fonte: aqui)
Ingredientes (4 doses):
8 fatias de "fresella" ou de pão de granary
8 tomates maduros pequenos
4 pitadas generosas de oregãos secos
2 dentes de alho picados finamente
4 colheres de sopa de azeite
sal q.b.

Preparação:
Podemos fazer a nossa própria "fresella", cortamos fatias grossas de pão de granary com cerca de 4 cm de grossura e levamos ao forno pré-aquecido a 160º por 15-20 minutos. As fatias não devem queimar, apenas ficarem estaladiças e secas.
Deixar arrefecer e guardar num local seco.
Sempre que quiser usar "fresella", passe as fatias por água fria corrente por alguns segundos, para as molhar mas não ensopar.
Escorra a água e coloque as fatias num prato grande.
Pique os tomates e distribua-os pelas fatias de pão, juntamente com os sucos e sementes. Se tiver tomates muito maduros, desfaça-os com as mãos sobre o pão.
Polvilhe com os oregãos, sal e alho e regue com azeite.
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...