16 de outubro de 2017

Caracois doces de alfarroba com frangipana, maçã e passas

 
 
Mesmo com o blogue a meio gás não podia deixar de aceitar o convite para participar em mais um Dia Mundial do Pão. Desde que regressei de férias, com um saco de uma farinha de alfarroba na mala (coisas de gente que gosta de cozinhar) que imaginava fazer a minha receita preferida de caracóis doces com esta nova variante. Esta celebração seria perfeita para a experiência, não contava era com o "sofrimento" de uma cozinha com o forno ligado num dia de Outubro com temperaturas abrasadoras. Se valeu a pena? Claro que valeu a pena. Enquanto escrevo este post tenho à minha frente um tabuleiro de caracóis escurinhos e saborosíssimos e um copo de chá de gengibre e limonete. O céu passou de azul a cinzento, mas o calor mantém-se. Como os caracois já arrefecram, acho que me vou deixar tentar por mais um.


(Adaptado de: "200 Receitas de Pão")
Ingredientes:
Massa:
2 ovos batidos
175 ml de leite
2 colheres de sopa à temperatura ambiente
1/2 colher de chá de sal
375gr. de farinha de trigo T65
100 gr. de farinha de espelta
25 gr. de farinha de alfarroba
50. gr. de açúcar
1 1/4 de chá de fermento seco
Recheio:
50 gr. de manteiga, à temperatura ambiente
50 gr, de açúcar amarelo
1 ovo batido
50 gr. de amêndoas moídas
1 maçã, descaroçada e descascada, cortada em cubinhos
1 mão cheia de uvas passas de Moscatel

Geleia para pincelar e açúcar em pó para polvilhar

Preparação:
Recheio de frangipana:
Bata a manteiga com o açúcar até obter um creme
Junte o ovo e as amêndoas e misture bem.
Reserve.
Preparação da massa:
Coloque os ingredientes na MFP pela ordem indica pela marca para o programa "massa" ou "amassar".
Quando o programa terminar transfira a massa para uma superficie enfarinhada e estenda num rectangulo com 30x20 cm.
Espalhe a frangipana, deixando uma borda de cerca de 1 centimetro de cada lado.
Por cima do creme espalhe os cubinhos da maçã e as passas e comece a enrolar a massa por um dos lados mais compridos, com cuidade e sem apertar.
Corte a massa em 12 fatias (cortei apenas 9 fatias, mais grossas que o usual porque o calor fez inchar a massa de tal forma que acabaria por não ter tabuleiro para a cozer) e disponha-as com o lado cortado virado para cima, em filas de 4 caracois,
Cubra com papel aderente untado, sem apertar, e deixe levedar num local morno durante 30 minutos ou até a massa dobrar de volume.
Coza em forno pré-aquecido a 180º durante 20 a 25 minutos e o caracol do centro soar oco quando lhe bater.
 
Quando estiverem prontos pincele com a geleia derretida e polvilhe com açúcar em pó.
 
 
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...