1 de novembro de 2014

Compota gelada de morango

 
 
No Dia 1 na Cozinha foi lançado o desafio de começar o mês com compotas. Ora, é no Verão que começamos a lançar mãos de frascos e frutas e açúcares e aromas para guardar todo o calor do Verão num frasco de que nos havemos de servir durante as estações de frio que se seguem, mas a verdade é que se penso em compotas, penso no Outono. Penso nos frascos dispostos nas prateleiras da despensa, por cores e etiquetas (como eu gostava de fazer etiquetas bonitas...), nos dias mais frios, mais curtos, nas torradas ou scones barrados com doce e penso na fruta de Outono de que também se fazem deliciosas compotas, mais quentes e encorpadas, mas a que vos deixo ficar hoje é uma compota de Verão. Já a tinha pronta a ser publicada, o tempo foi passando e quando me preparava a para a deixar para o ano eis que as temperaturas sobem e em meados de Outubro ainda os morangueiros dão fruto. Usei um método diferente que encontrei no fantástico livro "Conservas", muito fácil e sem problemas de esterilização dos frascos (claro que os recipientes devem estar bem lavados e secos...). Guarda-se no congelador, de preferência em embalagens pequenas, por que o prazo de consumo, uma vez descongelada, é de 2 semanas. 




Fonte "Conservas", de Lynda Brown, Livraria Civilização Editora
Ingredientes:
500 morangos maduros à temperatura ambiente
1 col sopa de sumo de limão
1 col sopa de agar-agar em flocos ou 1 col chá em pó
60 a 115 gr de açúcar branco

Preparação:
Lave os morangos, coloque-os numa tigela grande com o sumo de limão e esmague com um garfo de modo a obter um puré grosso, mas não cremoso para manter intacta um pouco de textura da fruta.
Coloque 250 ml de água numa panela pequena e adicione o agar-agar. Deixe amolecer por 2-3 minutos.
Agite a panela e deixe levantar fervura lentamente, em lume brando, sem mexer.
Deixe ferver, sempre em lume brando, durante 3 a 5 minutos, mexendo de vez em quando para dissolver o agar agar.
Quando os flocos se dissolverem mantenha a panela ao lume e adicione o açúcar. Mexa de vez em quando até o açúcar se dissolver completamente
Verta o xarope quente sobre a fruta mexendo sempre até os ingredientes ficarem bem misturados.
Verta a compota para recipientes de congelação deixando 1 cm no topo para o aumento de volume. Deixe arrefecer, vede e congele.
Para consumir descongele no frigorifico de um dia para o outro e consuma no prazo de 2 semanas.

Pode usar o mesmo método com outras frutas como nêsperas, amoras, mirtilos, cerejas de mesa, uvas maduras, melão, nectarinas, pêssegos e peras.

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...