30 de Julho de 2012

Dorie às sextas - Gelado de Pêssego e Cardamomo



Os últimos dias que antecedem as férias são sempre um pequeno martírio. A ansiedade instala-se numa contagem decrescente de dias que parecem mais longos que as suas naturais 24h. As rotinas exasperam-me e a vontade de cozinhar é pouca. Tão pouca que nem apetece pensar em comida. Para vencer esta resistência e dar alento aos dias que me separam do descanso, só um desafio Dorie às Sextas, cheio de cor e sabor a Verão.
A receita original - Blueberry-Sour Cream Ice Cream - utiliza mirtilos, mas por não ter tido a oportunidade de os procurar usei uns pêssegos cozidos com cardamomo que havia preparado dois dias antes para usar ao pequeno-almoço. Confesso que este gelado não me encheu as medidas, embora seja fácil de preparar e cremoso, mas a verdade é que prefiro sabores mais complexos como os de chocolate, café ou noz, por exemplo, aos gelados de fruta. Seja como fôr, fico ainda a sonhar com os mirtilos.


 
Ingredientes:
4 pêssegos (1 chávena de mirtilos, frescos ou congelados, no original)
2 sementes de cardamomo (opcional)
1/3 de chávena de açúcar - só usei 1/4
1 pitada de sal
Raspa e sumo de 1/4 limão
3/4 de chávena de natas - usei iogurte natural
3/4 de chávena de natas azedas (pode substituir por iogurte ou créme fraiche; também pode fazer-se em casa, adicionando umas gotas de sumo de limão às natas - esperar 30 minutos antes de usar - esta foi a minha opção)
2 colheres de sopa de cõco ralado tostado (opcional)**

Preparação:
Numa panela, cozinhe os pêssegos, as sementes do cardamomo, o açúcar, o sumo e raspas de limão e o sal, em lume médio, mexendo até ferver e a fruta amolecer e reduzir o volume (cerca de 4 minutos para os mirtilos da receita original).
Despeje a mistura num liquidificador e bata cerca de 1 minuto, até fazer puré (a mistura não fica completamente lisa).
Adicione as natas e o iogurte e pulse para misturar. Prove e adicione um pouco mais de sumo de limão ou de açúcar, se necessário.
Despeje a mistura numa tigela e levar ao frigorífico até que fique fria e, de seguida levar à sorveteira. Na falta de sorveteira e depois de fria a mistura, leve-a ao congelador até ficar dura nas bordas, mas ainda cremosa no meio. Misture novamente usando um garfo ou  a batedeira. Volta ao congelador. Repita o processo a cada hora, mais duas ou 3 vezes.
O gelado conserva-se no congelador por duas semanas.

Versão bimby:
No copo da bimby coloque a casca e sumo do limão, o sal e o açúcar e  triture 5 seg./vel.5.
Junte a fruta e as sementes de cardamomo e programe 100º/5 min./ vel. 1.
Misture 30 seg./vel. 7.
Com a máquina em funcionamento na velocidade 1 adicione as natas e o iogurte. Misture alguns segundos na velocidade 5.
Prove e adicione um pouco mais de sumo de limão ou de açúcar, se necessário.
Despeje a mistura numa tigela e leve ao frigorífico até que fique fria e, de seguida leve à sorveteira. Na falta de sorveteira e depois de fria a mistura, leve-a ao congelador até ficar dura nas bordas, mas ainda cremosa no meio. Misture novamente usando um garfo ou a batedeira ou mesmo a bimby. Volta ao congelador. Repita o processo a cada hora, mais duas ou 3 vezes.
O gelado conserva-se no congelador por duas semanas.

Sugestão da Susana: depois de pronta a mistura distribua-a por cuvetes de gelo e congele. Coloque os cubos de gelado no copo da bimby juntamente com 50 gr. de iogurte ou leite e triture até obter uma mistura cremosa.

*Usei pêssegos que já tinha preparado deste forma:
Lave muito bem os pêssegos e corte-os em fatias, mantendo a pele.
Coloque-os num tachinho, junte 1 colher de sopa de água e 1 colher de sopa de açúcar, se desejar e o interior de 2 sementes de cardamomo.
Leve a cozinhar em lume baixo/médio os pêssegos estarem macios e terem reduzido de volume.

** Coloque o côco numa frigideira anti-aderente e leve a lume médio, mexendo sempre até ganhar uma côr tostada. Tenha cuidado para não queimar.

28 de Julho de 2012

Projecto Marmita - Semana XXIX/2012



Lanche da manhã
Almoço
Lanche da tarde
Segunda-feira

2 pêras D. Joaquina + 5 amêndoas
Sopa de feijão verde + frango estufado com brócolos cozidos
1º – 1 iogurte magro e 1 damasco
2º - Chá + 2 bolachas de fibra
Terça-feira
1 pêra + 1 tosta
Creme de curgete + frango grelhado com salada de pepino, tomate e rúcula
1º – 1 iogurte magro e 2 abrunhos
2º - Chá + 1 tosta
Quarta-feira
1 pêra+1/2 pão integral
Caldo verde + Coxinha de frango estufada com macedónia, rúcula e tomate cereja.
1º – 1 iogurte magro e 1 ameixa
2º - Chá + 1 damasco
Quinta-feira
1 kiwi + ½ pão de centeio
Creme de curgete + Pescada grelhada com legumes salteados e tomate cereja
1º – 1 iogurte magro e 1 ameixa
2º - Chá + 1 damasco
Sexta-feira
2 pêras + 1/2 pão integral
Sopa de legumes + Ovo cozido com couve-flor e couve cozidos
1º – 1 iogurte magro e 1 ameixa
2º - Chá + 2 damascos


Mais uma semana sem preparativos. Começa a contagem decrescente para férias e muita preguiça para a cozinha.
Segunda-feira: frango estufado (congelador) e brócolos cozidos. Terça-feira: bife de frango grelhado e uma salada simples. Quarta-feira: cozinha de frango estufada (do jantar de terça e sem molhos) com macedónia, rúcula e tomate-cereja. Quinta-feira: pescada do jantar e legumes a acompanhar.Sexta-feira: ovo cozido e couve-flor e couve cozidos.

Sopas da semana: sopa de feijão-verde, creme de curgete (congelador), caldo verde (congelador) e sopa de legumes com feijão. Iogurtes magros, fruta, pão torrado, amêndoas com pele. Chá de cavalinha.

21 de Julho de 2012

Projecto Marmita - Semana XVIII/2012



Lanche da manhã
Almoço
Lanche da tarde
Segunda-feira

1 ameixa + 1 fatia de pão
Sopa de feijão verde e cenoura + Coelho assado com couve-flor e feijão verde cozidos
1º – 1 iogurte magro e 2 pêras D. Joaquina
2º - Chá + ½ maçã
Terça-feira

1 iogurte magro + 1 fatia de pão
Sopa de feijão verde e cenoura + Coelho assado com feijão verde e macedónia salteada
1º - 1 iogurte magro e 1 maçã
2º - Chá e meloa
Quarta-feira
1 ameixa + 5 amêndoas
Sopa de feijão verde e cenoura + Salada de queijo fresco
1º - 1 iogurte magro e 2 pêras D. Joaquina
2º - Chá e 1 fatia de pão
Quinta-feira
2 pêras D. Joaquina + 1 fatia de pão
Creme de curgete + Pescada salteada com alho francês, pimento e tomate
1º - 1 iogurte magro e 1 damasco
2º - chá e 1 damasco
Sexta-feira
2 abrunhos + 5 amêndoas
Creme de curgete + “Cocote” com legumes, brócolos e feijão verde
1º - 1 iogurte magro
2º -2 bolachas de fibra


Mais uma semana em que os preparativos de fim-de-semana se resumem à sopa do jantar de Domingo.
Segunda-feira: Coelho assado com couve-flor e feijão verde (tudo almoço de Domingo). Terça-feira: o resto do coelho assado e de feijão verde, completado com macedónia salteada. Quarta-feira: a última dose de sopa e, porque não apetecia de todo cozinhar, uma simples salada de alface, tomatinhos, pepino e queijo fresco. Quinta-feira: uma posta de pescada que o D. cozeu no almoço do dia anterior serviu para lascar e saltear juntamente com alho francês, pimento e tomate. Sexta-feira: 2 ovos com um resto da mistura salteada de ontem foram ao vapor da Bimby, mas em vez de omeleta cozi-os numa cocote que depois desenformei para trazer na marmita e veio acompanhada de feijão verde salteado e brócolos cozidos.
Sopas da semana: sopa de feijão-verde e cenoura e creme de curgete. Iogurtes magros, fruta, “pão escuro de Boston”, amêndoas com pele. Chá de cavalinha.

20 de Julho de 2012

Biscotti de passas e laranja



Continuam as postagens fora de horas do "Dorie às Sextas". Uns "biscotti" perfeitos para acompanhar uma chávena de chá: crocantes e aromáticos, que o diga a Nikita que fez questão de acompanhar a sessão fotográfica.
Originalmente chamados de Biscotti di Prato, por terem sido criados na cidade italiana de Prato, têm a caracteristica de serm cozidos duas vezes. Esta técnica torna-os simultaneamente macios e crocantes, além de lhes conferir maior durabilidade. De facto, passados dois dias fui encontrar um biscotti esquecido no armário, num prato apenas coberto com um guardanapo e estava ainda crocante.

Ingredientes:
1 1/2 chávena de farinha
1 1/2 colher de chá de fermento
1/4 colher de chá de sal
1/2 chávena de farinha de milho amarela
110 gr. de manteiga sem sal, à temperatura ambiente (usei apenas 75 gr.)
1 chávena de açúcar
2 ovos grandes ou 3 pequenos (usei 1 ovo e 2 claras)
1 1/2 de chá de extracto de amêndoa (usei licor de rum e laranja)
3/4 de chávena de amêndoa fatiada
Sumo e raspa de 1 laranja (não consta da receita original)
1/4 de chávena de passas (não consta da receita original)

Preparação:
Tradicional
Comece por demolhar as passas no sumo de laranja, deixando repousa cerca de 30 minutos.
Pré aqueça o forno a 175ºC.
Forre um tabuleiro com papel vegetal ou um tapete de silicone.
Numa tigela grande misture as farinhas, a raspa de laranja, o fermento e o sal, usando um garfo ou as varas de arame, Reserve.
Na batedeira bata a manteiga e o açúcar durante 3 minutos até obter um creme macio.
Acrescente os ovos e continue a bater por mais 2 minutos ou até que a mistura esteja leve, macia e cremosa.
Junte o licor e o sumo de laranja, reduza a velocidade e acrescente os ingredientes secos, batendo só até estarem incorporados.
Junte as amêndoas e as passas e envolva com uma espátula ou com a colher-de-pau, para que fiquem bem distribuídas pela massa.
Despeje metade da massa no tabuleiro e com os dedos ou com a espátula (esta opção é melhor porque a massa fica bastante mole) forme um tronco com cerca de 30 cm de comprimento e 4cm de largura. O tronco ficará mais rectangular que redondo e um pouco tosco.
Com a restante massa molde um segundo tronco igual.
Leve a assar por 15 minutos ou até a massa estar levemente dourada, mas ainda mole ao toque.
Transfira o tabuleiro para cima de uma grade e deixe arrefecer durante 30 minutos.
Entretanto, volte a aquecer o forno a 170º.
Com a ajuda de uma espátula de metal transfira os troncos para uma tábua e com uma faca de serra longa corte-os em fatias de cerca de 2 cm de espessura.
Coloque as fatias no tabuleiro, pondo-as em pé (coloquei-as deitadas) e leve-as novamente ao forno por mais 15 minutos até que estejam dourados e firmes.
Transfira-os para uma grade e deixe arrefecer á temperatura ambiente.
Bimby:
No copo coloque a manteiga, o açúcar, os ovos, o sumo de laranja e o licor e misture 4 minutos/vel. 5.
Junte as farinhas e misture 20 se. vel. 4.
Acrescente as amêndoas e as passas e envolva com a espátula.

A Dorie sugere:
1 - Biscotti com frutos secos - acrescente 1/3 de chávena de frutos secos (passas, cerejas, damascos picados...) à massa. Se quiser acentuar o sabor da fruta, pode flamejá-la com vinho do porto, rum ou amaretto.
2 - Biscotti com especiarias - misture especiarias aos secos: 1/2 a 1 colher de chá de canela ou gengibre, 1/2 colher de chá de cardamomo, 1/2 a 1 colher de chá de pimenta preta
3 - Biscotti com anis - Moa o anis com o açúcar num processador - comece com 1 e 1/2 colher de chá e, se quiser, aumente ou reduza na fornada seguinte.
4 - Biscotti com nozes - substitua as amêndoas por nozes, pecãs, avelãs ou macadamias picadas ou faça uma combinação de várias nozes
5 - Biscotti com limão ou laranja - misture a raspa de 2 limões ou de 1 laranja ao açúcar antes de o bater com a manteiga.

19 de Julho de 2012

Sumo de melancia e morango



Finalmente S. Pedro brindou-nos com dias de sol e calor e eu brindo com este sumo fresco, a saber a Verão.

Ingredientes:
1 fatia de melancia fria
6 morangos
1 colher de sopa de xarope de agave
1 colher de café de canela em pó
12 folhas de hortelã



Preparação:
No copo da bimby coloque a melancia em pedaços, incluindo as sementes, os morangos lavados e sem o pé, o xarope de agave, a canela e as folhas de hortelã.
Triture tudo 20 seg/vel.9.
Coe e sirva.

16 de Julho de 2012

Projecto Marmita - Semana XVII/2012


Lanche da manhã
Almoço
Lanche da tarde
Segunda-feira

1 iogurte magro + 1 fatia de pão
Sopa de legumes + Medalhão de pescada com couve branca, cenoura e feijão verde cozidos
1º – 1 iogurte magro e melancia
2º - Chá + 1 fatia de pão
Terça-feira

1 iogurte magro + 1 fatia de pão
Sopa de legumes + frango grelhado com curgete e cogumelos salteados e salada de alface e rúcula
1º - 1 iogurte magro e morangos
2º - Chá e 2 ameixas
Quarta-feira
2 pêras + 1 fatia de pão
Sopa de legumes + frango estufado com couve e edemame cozidos
1º - 1 iogurte magro e 4 ameixinhas
2º - Chá e 1 damasco
Quinta-feira
1 iogurte magro + 1 fatia de pão
Creme de alho francês + Frango estufado com curgete e cogumelos salteados
1º - 1 iogurte magro e 1 damasco
2º - chá e 2 bolachas de fibra
Sexta-feira
1 iogurte magro + 1 fatia de pão
Creme de alho francês + Salada de queijo fresco
1º iogurte magro e  2 ameixas
2º - Chá e 2 bolachas de fibra


A ansiedade pelas férias começa a sentir-se e aos poucos vou quebrando rotinas. Deixo de fazer parte dos preparativos de fim-de-semana para as marmitas e vou equacionando dia-a-dia o que vou trazer. Excepção feita para a sopa que serve sempre o jantar de Domingo. Como faço a sopa na Bimby, aproveito a varoma para cozer ao vapor alguns legumes: couve-branca, cenoura e feijão-verde.
Segunda-feira: recorro ao congelador. Procuro ter sempre uma embalagem de medalhões ou tranches de pescada. Para uma preparação rápida uso o microondas: tempero o medalhão com sal, alho e limão, coloco num recipiente adequado ao microondas e cubro com película aderente em que faço uns furos. São cerca de 5 minutos na potência média. Junto-lhe os legumes cozidos na bimby e uma pequena dose de salada de alface e rúcula. Terça-feira: bife de frango grelhado e legumes salteados: curgete e cogumelos em dose dupla para render mais uma marmita. Quarta-feira: jantar do D. de terça (eu jantei sopa) – frango estufado (sem molhos, claro), couve e edemame cozidos, mais uma vez ao vapor na bimby. Quinta-feira: mais frango estufado, desta vez com o que restou dos cogumelos e curgete salteados. Sexta-feira: uma salada simples: alface, tomate-cereja, curgete, pepino e queijo fresco, tudo temperado com uma vinagreta de azeite e vinagre balsâmico.
Sopas da semana: sopa de legumes e creme de alho francês. Iogurtes magros, incluindo iogurte líquidos caseiros, fruta, “pão escuro de Boston”. Chá de cavalinha.


15 de Julho de 2012

Dorie às Sextas - Manjar Branco de Framboesa



Na dúvida entre participar neste desafio ou não, acabei por não conseguir resistir. O calor impôs-se e esta sobremesa fresca foi uma opção acertada. A partilha feita pelas Dories, que começaram a publicar as suas experiências na sexta-feira, foi determinante na resposta a algumas das dúvidas que tinha na elaboração da receita, nomeadamente no que dizia respeito à quantidade da gelatina requerida e que parecia muita. As 6 folhas de gelatina ou 10 gr. de gelatina em pó foram, de facto, suficientes.

Ingredientes:
1 1/2 chávena de natas espessas frias
3/4 de chávena de leite gordo
3/4 de chávena de amêndoa ralada (usei amêndoa granulada)
1/2 chávena de açúcar
35 gr. de gelatina em pó sem sabor (usei um pacote de gelatina em pó = 10 gr.)
3 colheres de sopa de água fria
2 colheres de chá de extracto de baunilha
1 chávena de framboesas (ou frutos silvestres sortidos ou outra fruta mole cortada em pedaços)
Coulis para servir (opcional)
Biscoitos de champagne q.b. (não faz parte da receita original)

Preparação:
Prepare uma forma redonda sem buraco (usei uma forma rectangular - ver abaixo).
Encha um recipiente grande com cubos de gelo e água fria e ponha sobre ela uma mais pequena que encaixe no banho de gelo (saltei esta parte).
Com uma batedeira bata as natas até que formem picos suaves. Refrigere enquanto prepara o resto da sobremesa.
Coloque o leite, a amêndoa e açúcar num tacho pequeno e leve a lume médio, até ferver, mexendo ocasionalmente para garantir que o açúcar se dissolve.
Entretanto, ponha a gelatina e a água fria num tacho pequeno ou num recipiente que possa ir ao microondas. Assim que a gelatina estiver mole e esponjosa aqueça no microondas durante 15 segundos, ou no fogão em lume baixo, para dissolver bem.
Misture a gelatina ao leite com amêndoa e retire a panela do lume.
Despeje o leite quente na vasilha sobre o banho de gelo. Misture a baunilha e continue a mexer até que a mistura esteja fria, mas ainda liquida. O leite não deve gelificar neste recipiente.
Quando estiver frio, usando uma espátula de silicone, envolva gentilmente as natas batidas e, de seguida as framboesas.
Transfira tudo, à colher, para uma forma e leve ao frigorífico até que solidifique - no mínimo durante 3horas, sendo preferível fazê-lo de um dia para o outro, tapando com película aderente.
Para desenformar, mergulhe a forma em água quente por 5 segundos, seque-a bem e inverta sobre um prato.
Sirva com coulis de fruta se desejar.



Versão Bimby (preciosa ajuda da Helena, do "Sabores de Canela". Obrigada Helena!):
Bata as natas com a borboleta na velocidade 3 1/2 (para natas com 35% de gordura o tempo é de 1 min e 10 segundos).
Retire para uma taça, raspe com a espátula e leve ao frio.
Retire a borboleta e, sem lavar o copo, deite a amêndoa, o açúcar e o leite e programe 6 minutos/velocidade 3/90º. 
Entretanto hidrate a gelatina e quando faltar um minuto para o final do tempo deite-a pelo bocal, aumento para a velocidade 5.
Junte o extracto e misture na velocidade 3.
Retire o copo para arrefecer e quando a mistura estiver morna leve ao frio por 20 a 30 minutos. Envolva as natas na mistura de leite e por fim as framboesas, que entretanto tinha descongelado e colocado sobre papel de cozinha para secarem. (Reservei algumas) Como utilizei uma forma rectangular, enquanto a mistura arrefecia forrei o seu interior com papel de aluminio e cobri o fundo com biscoitos de champagne. Cobri os biscoitos com a mistura, apenas o suficiente para os cobrir e levei ao congelador por 10 minutos para que a mistura solidificasse. Espalhei as framboesas que reservei sobre os biscoitos e de seguida:
Deite a mistura na forma e leve ao frio até solidificar, de preferência de um dia para o outro. Sirva com coulis:
150 gr. de framboesas (como 1 embalagem de framboesas congeladas utilizei as sobrantes e respectivo sumo)
50 gr. de açúcar
Deite os ingredientes no copo da bimby e programe varoma/5 min/ve. 2.
No fim triture 7 seg./vel. 5.
Coe usando um coador de rede fina e reserve.
Variações:
Pode glacear o topo com uma camada de geleia, se desejar. Seja qual for a escolhida, leve duas colheres de sopa ao lume com um bocadinho de água, até ferver. Com um pincel de pastelaria, faça uma camada fina sobre o bolo muito frio, antes de servir. se parecer que o bolo derreteu ligeiramente com a geleia, leve-o de novo ao frigorífico até servir. Pode também servir o blanc-manger numa base - o tradicional é um disco fino de bolo. mas pode também ser uma base totalmente cozinhada de tarte. se decidir fazer isto, faça o blanc-manger em camadas numa forma de mola, ponha uma camada de bolo ou tarte no fundo, o blanc-manger por cima e refrigere até estar firme.

12 de Julho de 2012

Pão escuro (ou nem tanto) de Boston


Agora que o pão voltou a entrar na minha rotina volto a "deitar as mãos na massa" com este pão de sabor marcado. Receita a repetir e a experimentar com outras farinhas.

(Fonte: 200 receitas de pão)
Ingredientes:
250 ml de leite
5 colheres de sopa de melaço escuro (usei xarope de agave, o que contribuiu para que o pão não ficasse tão escuro)
175 gr. de farinha integral
175 gr. de farinha T65
50 gr. de farinha de milho
50 gr. de farinha de centeio
1 colher de chá de sal
1 e 1/4 colher de chá de fermento seco


Preparação:
Na cuba da máquina colocar o leite morno, o sal, o xarope, as farinhas e, por fim, o fermento.
Seleccione o programa "massa".
No final retire a massa para a bancada de trabalho enfarinhada e divida-a em duas partes. Forme duas bolas e coloque cada uma delas numa lata previamente enfarinhada - usei apenas uma lata pequena de 400gr e a com a restante massa fiz quatro bolas que coloquei lado a lado numa forma rectangular.
Leve a assar em forno pré-aquecido a 220º durante 25 minutos.

11 de Julho de 2012

Chá refrescante de frutos do bosque


Para os dias quentes de Verão um refresco de chá frutado, tão natural como a nossa sede.

Ingredientes:
1,5 lt de água
1 colher de sopa cheia de chá de frutos do bosque
Açúcar ou outro adoçante a gosto
8 morangos
1/2 limão
3 pés de menta

Preparação:
Ferva a água e desligue o fogão.
Acrescente as folhas de chá e deixe em infusão durante 10 minutos.
Num jarro coloque os morangos limpos e partidos em fatias, o limão em rodelas finas e os pés de menta (lavados).
Coe o chá para o jarro. Se nas folhas do chá estiverem misturados frutos desidratados separe-os e acrescente-os ao jarro.
Leve ao frio até refrescar e sirva com ou sem gelo.

9 de Julho de 2012

Projecto Marmita - Semana XVI/2012



Lanche da manhã
Almoço
Lanche da tarde
Segunda-feira

1 iogurte magro + ½ pão de mistura
Creme de legumes + Omelete ao vapor e  legumes salteados
1º – 1 iogurte magro e 1 kiwi
2º - Chá + 1 pêra
Terça-feira

1 iogurte magro + ½ pão de mistura
Creme de cenoura e lentilhas + peru grelhado e legumes ao vapor
1º - 1 iogurte magro e 2 ameixas
2º - Chá e cerejas
Quarta-feira

1 pêra + ½ pão de mistura
Creme de cenoura e lentilhas + Legumes ao vapor, cogumelos e cebolinhas grelhados e ovo cozido
1º - 1 iogurte magro e 2 ameixas
2º - Chá e 1 tosta sem sal
Quinta-feira

Cerejas + ½ pão de mistura
Creme de cenoura e lentilhas + frango estufado com cogumelos grelhados e espargos ao vapor
1º - 1 iogurte magro e 1 pêra
2º - Chá e 2 bolachas de fibras
Sexta-feira
1 iogurte magro + ½ pão de mistura
Creme de legumes + salada de rúcula, pepino, cogumelos, curgete e miolo de camarão
1º - 1 iogurte magro e 1 maçã
2º - Chá  e 2 bolachas de fibras


Nada de preparativos de fim-de-semana. A imaginação vai ter que trabalhar mais durante esta semana.
Terminada com sucesso a 1ª fase do novo regime alimentar, avanço para a 2º etapa, onde, maravilha das maravilhas, me é permitido o pão, embora em quantidades mínimas.
A Bimby tem-se revelado uma auxiliar magnífica na preparação de sopas e legumes ao vapor. Nada de stress: enquanto estou a jantar está a bimby a fazer parte do meu almoço dos  dois dias seguintes - sopa no copo e legumes ao vapor na varoma.
Segunda-feira: omeleta ao vapor, uma novidade com a Varoma da bimby. De aspecto não ficou grande coisa, mas de sabor estava bem, acompanhada de legumes salteados (couve branca, couve-flor, tomate, feijão-verde e cebolinhas novas. Terça-feira: Peru grelhado (espetada feita na brasa no jantar da véspera) e legumes ao vapor. Quarta-feira: legumes ao vapor, a que acrescentei cogumelos e cebolinhas novas grelhadas na brasa e 1 ovo cozido. Quinta-feira: de novo o jantar de véspera: frango estufado (o molho ficou no tacho, claro), com cogumelos grelhados (no microondas: temperados de azeite e sal para grelhados - 15 minutos na potência máxima do grill) e espargos ao vapor (Bimby: varoma/20 minutos/vel.1) e para acabar a semana uma salada com miolo de camarão, curgete e cogumelos salteados, a que juntei rúcula e pepino.
Sopas da semana: creme de legumes com espinafre (uma dose que havia no congelador) e creme de cenoura e lentilhas e creme de legumes (também do congelador).
Iogurtes magros, fruta, pão de mistura ou tostas ou bolachas de fibra, a dividir pelos lanches da manhã e da tarde. Chá de cavalinha.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...